PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Balbuena é fã de CPM 22 e assume a função de DJ da seleção paraguaia

Fabián Balbuena é o "DJ do vestiário" da seleção do Paraguai e era do West Ham - Reprodução
Fabián Balbuena é o "DJ do vestiário" da seleção do Paraguai e era do West Ham Imagem: Reprodução

Marinho Saldanha

Do UOL, em Brasília (DF)

22/06/2021 04h00

Classificação e Jogos

"Peguei minhas coisas, fui embora, não queria mais voltar, eu nunca quis presenciar o fim": certamente foi cantarolando este trecho de "Tarde de Outubro", do CPM 22, que Balbuena partiu do Corinthians em 2018. O zagueiro rock and roll do Paraguai contesta a versão de que jogadores de futebol preferem apenas músicas da moda. Com personalidade, ele assume o posto de "DJ do vestiário". Seja no West Ham, da Inglaterra, ou na seleção, tem riffs pesados para todo mundo.

E por que exatamente o CPM 22 pautaria a despedida do defensor de 29 anos? Pois, da passagem pelo Brasil, Balbuena não levou apenas a admiração da torcida do Corinthians e o bom desempenho, que valorizou sua cotação no mercado de chegar à Premier League. Ele também virou fã empolgado do grupo chefiado por Badauí, segundo apurou o UOL Esporte.

E cabia a ele, no West Ham, clube do qual se despede ao fim do contrato, organizar a música no vestiário, junto com outros colegas. O mesmo acontece na seleção paraguaia, ainda que no time nacional exista concorrência maior.

"Somos cinco ou seis encarregados de por a música. No meu caso eu coloco rock, um pouco de rock leve para dar ritmo ao treino. Depende da situação, se a gente está na academia, coloco um pouco mais de ritmo. Um System of a Dawn, um AC/DC, Guns N' Roses", contou em entrevista ao Betway. "Se estamos na hora do tereré (bebida), um Red Hot Chilli Peppers, Oasis, um Blur", completou.

Balbuena não tem sido titular da seleção. Atualmente, dois jogadores que estão em atividade no Brasil formam a zaga: Junior Alonso, do Atlético-MG, é parceiro de Gustavo Gómez, ídolo do Palmeiras, compondo um dos setores defensivos mais sólidos do continente.

Na última temporada, Balbuena disputou 18 partidas e marcou um gol pelo West Ham. Ele deixará o clube ao fim do vínculo e tem negociação avançada para se transferir ao Betis, da Espanha. O retorno ao Brasil até foi especulado, mas não deve acontecer. Uma situação que chama outra trilha do CPM 22 (de "Não Sei Viver Sem Ter Você"): "Chegou a hora de recomeçar, acreditar que pode ser melhor assim, fingir feliz e te deixar para depois".

Esporte