PUBLICIDADE
Topo

Esporte

"Uma das melhores equipes do mundo", diz técnico da Argentina sobre Uruguai

Técnico da Argentina,  Lionel Scaloni elogia Uruguai antes de clássico do Rio da Prata - Divulgação AFA
Técnico da Argentina, Lionel Scaloni elogia Uruguai antes de clássico do Rio da Prata Imagem: Divulgação AFA

Marinho Saldanha

Do UOL, em Brasília (DF)

17/06/2021 16h06

Classificação e Jogos

O técnico da Argentina, Lionel Scaloni, elogiou muito a seleção uruguaia, adversária de amanhã (18), pela segunda rodada do grupo A da Copa América. Segundo ele, o time de Óscar Tabárez é um dos melhores do mundo.

"Temos um respeito enorme pelo Uruguai, sua história, seu treinador, seus jogadores. Sou um seguidor deles sempre, tenho muitos amigos no país. É uma das melhores equipes do mundo e o jogo de amanhã é uma partida que todo mundo quer ver e jogar", declarou Scaloni em entrevista coletiva.

Para o treinador, a Argentina precisa tomar cuidado, sobretudo, com o ataque uruguaio, formado por Cavani e Suárez. Ainda que a Celeste não tenha marcado um gol sequer neste ano, em dois jogos oficiais.

"Será um jogo difícil, complicado como são todos os duelos entre Argentina e Uruguai, ou todos os jogos de Eliminatória e Copa América. O Uruguai tem dois atacantes de um nível enorme, meio-campistas de presença, uma defesa que se conhece há muito tempo. É uma das seleções mais importantes em nível sul-americano e mundial", contou.

Pelo bom desempenho ofensivo do rival, a Argentina treinou duas formas de jogar. A primeira, que deve iniciar a partida, no 4-3-3. Outra, com cinco defensores, no 5-3-2.

"O ideal seria deixar Cavani e Suárez o mais longe do nosso gol possível. Na área, são atacantes muito importantes. O ideal seria deixar ambos longe do gol, ter o controle do jogo, fazendo com que fiquem incomodados. Mas sabemos que em momentos do jogo eles vão estar na zona de conclusão e temos que estar atentos", finalizou.

A seleção argentina não permanece no Brasil entre seus compromissos na Copa América. Depois de voltar e seguir trabalhando em Buenos Aires, a delegação chega a Brasília na noite de hoje para sua segunda partida na competição.

Argentina e Uruguai se enfrentam nesta sexta-feira, no estádio Mané Garrincha, às 21h (de Brasília).

Esporte