PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Godín pede atenção até de jogadores distantes para parar Messi em clássico

Godín quer atenção da seleção uruguaia com Messi, até mesmo distante - AFP PHOTO / JAVIER SORIANO
Godín quer atenção da seleção uruguaia com Messi, até mesmo distante Imagem: AFP PHOTO / JAVIER SORIANO

Marinho Saldanha

Do UOL, em Brasília (DF)

17/06/2021 15h37

Classificação e Jogos

O zagueiro Diego Godín tem um motivo óbvio para se preocupar. Amanhã (18), terá pela frente ninguém menos que Lionel Messi, no duelo entre Argentina e Uruguai pela Copa América. E para parar o rival, o defensor uruguaio pede atenção não apenas para os mais próximos, mas também aos distantes.

"Temos que ter estratégias de equipe. É preciso defender bem como equipe, diminuir os espaços, estar concentrado no que ele pode fazer, mas também no que pode fazer com que outros façam. Às vezes ele atrai a atenção e se deixa outros jogadores livres. Em um passe ele pode decidir o jogo. Portanto todos precisam estar atentos, tanto os mais próximos quanto quem está distante", disse em entrevista coletiva.

Messi tem um gol nesta Copa América, de falta, no empate da Argentina com o Chile. O Uruguai fará sua estreia no Mané Garrincha, em Brasília, às 21h (de Brasília), amanhã.

Os cuidados, de acordo com o zagueiro, também tem outro motivo: Lautaro Martínez.

"É um menino de muita qualidade, com quem convivi na Itália. Ele está evoluindo muito, aprendendo a usar melhor o corpo, ganhou força e tem uma capacidade de conclusão muito boa. É preciso estar atento sempre", explicou.

Esporte