PUBLICIDADE
Topo

Santos

"Jogo que mais produzimos chances claras", diz Diniz após derrota do Santos

Colaboração para UOL, em Santos

17/06/2021 22h37

Classificação e Jogos

Fernando Diniz lamentou a derrota do Santos, por 1 a 0, para o Fluminense, na noite desta quinta-feira (17), no Maracanã, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador afirmou que esse foi o jogo em que o grupo mais criou chances claras. Foram oito chutes ao gol contra apenas cinco do rival carioca.

Diniz também defendeu o atacante Marinho, que novamente não deu o retorno pretendido pelo treinador, e elogiou atletas que tiveram participação na criação. Porém, ressaltou seu incômodo com a falta de finalizações.

"Certamente [foi a derrota mais dolorosa]. O time jogou bem, bem melhor que o Fluminense. Eles tiveram a bola na trave em um lance confuso que erramos na saída e o lance do gol. Não lembro de outra jogada perigosa. Foi o jogo que mais produzimos chances claras de gol. Fizemos três gols contra o Ceará, produzimos bastante contra o Cianorte lá [pela Copa do Brasil], mas no Campeonato Brasileiro criamos, como fizemos contra o Ceará. Hoje, fomos mais dominantes, mas saímos com resultado adverso", disse Diniz, em entrevista coletiva.

"Nós criamos. Nós temos atacantes bons. Marinho, de seleção brasileira, o melhor da América há seis meses. Todos os times do Brasil querem ter o Marinho. Hoje errou, mas acreditamos nele e vai fazer. Kaio Jorge é outro grande jogador, que europeus querem. Temos Marcos Guilherme, Lucas Braga, grandes jogadores, o criativo Pirani, o Jean Mota criativo, o Zanocelo criativo, Felipe Jonatan um lateral de ataque. Temos quem crie e criamos. Não foi isso que faltou, faltou sermos mais felizes nas finalizações", acrescentou.

Com a derrota, o Peixe ocupa a 13ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro, com apenas quatro pontos. Seu próximo compromisso é no domingo (20), em clássico com o São Paulo, na Vila Belmiro, pela quinta rodada. Alison cumprirá suspensão e é desfalque, Luan retorna após terceiro cartão amarelo.

Santos