PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Jogadores do SPFC tomam primeira dose da vacina contra a covid-19

Daniel Alves toma primeira dose da vacina contra a covid-19, no Paraguai - Rubens Chiri/saopaulofc.net
Daniel Alves toma primeira dose da vacina contra a covid-19, no Paraguai Imagem: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/06/2021 16h38

Após o empate por 1 a 1 contra a Chapecoense pelo Brasileirão, a delegação do São Paulo embarcou para o Paraguai, onde foi recebeu a primeira dose da vacina contra a covid-19.

A medida faz parte de um protocolo feito pela Conmebol para os clubes que estão participando da Libertadores da América.

Nos registros, além dos jogadores Daniel Alves, Tiago Volpi e Miranda, o comandante Hernán Crespo também recebeu o imunizante.

A vacina utilizada nos atletas é a do laboratório chinês Sinovac, a CoronaVac. Em abril, o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez confirmou a chegada das doses e celebrou o desenvolvimento do protocolo para garantir a segurança dos que disputarão a competição sul-americana.

"As vacinas para o futebol sul-americano já chegaram na América do Sul. A Conmebol se tornará a primeira organização civil do mundo a realizar uma vacinação que beneficiará milhares de famílias nos 10 países e representará uma valiosa cooperação com as campanhas de imunização promovidas pelos governos", disse ele na ocasião.

O São Paulo volta aos gramados neste domingo (20) contra o Santos, pelo Brasileirão. O próximo desafio pela Libertadores será no dia 13 de julho, contra o Racing, da Argentina. A partida é válida pelas oitavas de final do torneio.

São Paulo