PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sem meta de pontos, Botafogo planeja time versátil na Série B

Chamusca espera vitoria em casa contra o Coritiba - Vitor Silva/Botafogo
Chamusca espera vitoria em casa contra o Coritiba Imagem: Vitor Silva/Botafogo

Do UOL, em São Paulo

29/05/2021 11h00

O Botafogo tem apenas uma preocupação para o restante da temporada 2021. Voltar à elite do futebol nacional é o grande objetivo do clube carioca, que só tem uma competição em disputa. E para isso, o técnico Marcelo Chamusca quer ver uma equipe com versatilidade para suportar os diferentes momentos que atravessará na Série B do Campeonato Brasileiro.

Para ele, isso ficou claro na rodada de abertura da Série B, quando o Botafogo empatou por 1 a 1 com o Vila Nova, ontem (28), no Estádio OBA, em Goiânia (GO). De um time de rápida transição no primeiro tempo, o Alvinegro deteve mais a posse de bola na etapa final, mostrando que é preciso saber jogar de diferentes formas na competição.

"Eu treino as minhas equipes para saber jogar as diferentes fases do jogo. E tem que entender isso. Em algum momento vamos ser protagonista, vamos ter posse de bola e mais jogo de construção. Em outros, vamos ter que marcar médio e fazer uma transição rápida. E quando o adversário se impor, vamos ter que marcar mais baixo. Temos que entender as diversas fases de jogo e performar independentemente das condições do gramado ou da qualidade do adversário", explicou Chamusca após o jogo de estreia.

Diante do Vila Nova, o Botafogo teve pouca posse de bola no primeiro tempo e conseguiu ameaçar o adversário em bolas cruzadas na área. Elas, porém, não resultaram em gol. Na etapa final, com o time goiano atuando com um jogador a menos por causa da expulsão de Deivid, o Alvinegro se impôs. Mesmo saindo atrás no placar, buscou a igualdade e correu atrás da virada, o que acabou não acontecendo.

Agora, o Botafogo tentará a recuperação em casa diante do Coritiba, no sábado (5), no Engenhão. Chamusca sabe da necessidade de vitória para não ficar para trás na corrida pelo G-4. Porém, não estabeleceu uma meta de pontos conquistados para conseguir o acesso de volta à Série A.

"Na verdade, a gente não estabeleceu nenhuma meta. Estamos pensando jogo a jogo. Essa partida com o Coritiba passa a ter um peso muito grande, temos que vencer em casa para subir na tabela da competição. É dessa forma que a gente vai trabalhar", disse Chamusca.

Depois de enfrentar o Coritiba, o Botafogo tem mais uma partida no Engenhão, que está agendada para o domingo (13), contra o Remo. Então, o Alvinegro sairá do Rio de Janeiro para dois jogos como visitante. Primeiramente, encara o Londrina, no dia 17, e depois viaja ao Recife para encarar o Náutico no dia 20.

Futebol