PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Neto: Falas de Abel Ferreira em entrevista foram 'recado para Galiotte'

Abel Ferreira à beira do gramado durante partida do Palmeiras - GettyImages
Abel Ferreira à beira do gramado durante partida do Palmeiras Imagem: GettyImages

Do UOL, em São Paulo

19/04/2021 18h53

O comentarista e apresentador Neto acredita que o treinador Abel Ferreira, do Palmeiras, tenha mandado um recado à diretoria do clube ao dizer que "é treinador" e que não iria mais falar sobre "questões políticas", como a frequência que a equipe tem jogado durante a temporada.

"A reclamação que parte dele, muitas vezes, era para ser feita pela diretoria. Mas ele foi com o peito aberto e começou a falar um falar um monte de verdade, mas também se colocando como dono da verdade. Ele mandou um recado para o Galiotte. Eu não sei se o Galiotte entendeu que o recado era para ele ou para o Anderson [Barros], que é o supervisor, ou o Cícero [Souza, gerente de Futebol do clube]", disse, durante o programa 'Os Donos da Bola' na Rádio Bandeirantes.

"Talvez ele tenha esse entendimento. Talvez ele tenha pensado, ou alguém tenha orientado, que basta de ele ficar reclamando de arbitragem. Ele é expulso toda hora, está mais chato que o Felipão, mais chato que o Mano Menezes, mais chato que o Luxemburgo. E ele chegou agora", ponderou.

Durante a entrevista coletiva em que também falou sobre as pixações da torcida no muro do CT, Abel evitou as críticas diretas ao calendário que a equipe tem enfrentado.

"Sempre sou eu a dar a cara sobre isso. Não sou eu que decido, que organizo. Sou o treinador. Não vou mais falar sobre questões políticas, sobre essas questões alguém do clube tem que dar a cara, pois eu não vou falar mais sobre essas questões", declarou.

Palmeiras