PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mbappé não quer sair de graça do PSG e espera por acordo com Real Madrid

Kylian Mbappe comemora o gol do PSG sobre o Bayern de Munique pela Liga dos Campeões - Alexander Hassenstein/Getty Images
Kylian Mbappe comemora o gol do PSG sobre o Bayern de Munique pela Liga dos Campeões Imagem: Alexander Hassenstein/Getty Images

João Henrique Marques

Colaboração para o UOL, em Paris

11/04/2021 04h00

Kylian Mbappé já tem a proposta do Paris Saint-Germain para renovação contratual até 2026, mas a demora em uma aceitação criou um dilema no clube francês sobre o que fazer com o jogador ao final da temporada. Restando 15 meses para o encerramento do atual vínculo, o cenário preferido do atacante é o de acerto para uma venda ao Real Madrid em julho. Na Espanha, a transferência de Mbappé aos merengues foi dada como certa essa semana por diversos veículos.

Mbappé não quer sair de graça do PSG no fim de seu contrato em julho de 2022 e acredita que mesmo tendo apenas mais um ano de vínculo, um leilão entre gigantes europeus como Real Madrid, Manchester City e Liverpool pode favorecer o PSG a receber proposta ao redor de 180 milhões de euros. O problema no cenário atual é que o clube francês ainda não se posicionou favorável à venda.

No entorno de Mbappé, a informação é de que o atacante só aceita sair do PSG se for de maneira pacífica com o clube. Por isso, uma proposta astronômica do Real Madrid é vista como algo saudável e que permitiria ao PSG investir em reforços para sua reposição.

O atacante francês caminha de forma tranquila no mercado, sabedor de que é o jogador mais cobiçado do mundo. O desejo de jogar no Real Madrid é antigo e o futuro longe do PSG já soa como uma decisão.

Mbappé ainda espera o final da temporada para uma conversa definitiva com PSG e Real Madrid. O desfecho sonhado nesta temporada com título da Liga dos Campeões e conquista da Bola de Ouro ainda é visto como possível e encarado como um facilitador para uma conversa de saída do futebol francês no auge.

No PSG, segurar Mbappé até o fim do contrato é hipótese considerada. Só que sua venda deixa o clube com mais condições de investir no argentino Lionel Messi. Abertamente, o clube toma o cuidado para não relacionar o caso de um jogador ao outro.

Enquanto cuida da renovação de Mbappé, o PSG alinha com Neymar um novo vínculo. A continuidade do brasileiro já é até encarada como assegurada.

"São negociações (Neymar e Mbappé) em andamento. Não temos nada concreto para falar no momento, mas em breve traremos boas notícias para os torcedores do PSG", avisou Leonardo em entrevista à televisão francesa, RMC, na quarta-feira.

Real Madrid agiu de forma silenciosa

Nos bastidores do Real Madrid, ninguém fala sobre Kylian Mbappé. O presidente do clube espanhol, Florentino Pérez, tem boa relação com a diretoria do PSG e quer preservar a imagem de que é o atacante quem vai escolher seu destino.

O receio do clube espanhol de que Mbappé assine renovação com o PSG já foi maior. O problema atualmente está nas constantes sondagens recebidas no entorno do jogador de clubes de ponta como Liverpool e Manchester City.

Aos 22 anos, Mbappé projetou deixar o futebol francês na figura de ídolo no país ao atuar no clube da capital. O objetivo principal de ser campeão da Liga dos Campeões ainda não foi conquistado, mas o temor em seu entorno é de que jogar o Campeonato Francês por muitos anos prejudique a carreira. Neste cenário, agrada a possibilidade de atuar o mais rápido possível em Ligas como a espanhola ou inglesa.

Futebol