PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Abel reconhece que demorou para fazer alterações no meio campo do Palmeiras

Abel Ferreira no comando do Palmeiras contra o Defensa y Justicia - Cesar Greco/ Ag. Palmeiras
Abel Ferreira no comando do Palmeiras contra o Defensa y Justicia Imagem: Cesar Greco/ Ag. Palmeiras

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/04/2021 00h36

Classificação e Jogos

Apesar da vitória por 2 a 1 contra o Defensa y Justicia, na noite de ontem (7), o técnico Abel Ferreira realizou uma autoanálise e admitiu que não deveria ter esperado tanto para fazer as substituições no Palmeiras. Em entrevista coletiva, o português disse que errou em adiar a decisão.

"Eu também cometo erros. Deveria ter feito as substituições no meio-campo mais cedo. Felipe [Melo] estava jogando pela primeira vez, Zé Rafael e Raphael Veiga vinham de recuperação. Fazendo uma análise fria e uma crítica de mim mesmo, deveria mexer na equipe com cinco ou dez minutos mais cedo", afirmou o treinador que realizou as duas primeiras alterações aos 13 minutos da segunda etapa - com as entradas de Lucas Esteves e Gustavo Scarpa.

O comandante também comentou sobre a necessidade de ter mais centroavantes no elenco - pedido realizado à diretoria, mas que ainda não foi atendido. Luiz Adriano, que é o titular da posição, não viajou para a Argentina porque foi diagnosticado com covid-19.

"Como o Rony pode atuar mais avançado, falei que a gente precisa de um atacante de lado esquerdo, e também de mais um centroavante para reforçar o elenco. Mas não quero jogador só para fazer número. É com esses guerreiros que estão aqui eu eu conto"

Por fim, Abel comentou sobre o calendário com as finais da Recopa e Supercopa do Brasil na mesma semana:

"Façam o que quiserem, marquem os jogos quanto quiserem, não queremos saber. Se acham melhor ter Recopa com uma Supercopa no meio, não há problema. Estamos aqui para jogar e ganhar. Depois a gente descansa quando formos mais velhos".

Futebol