PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Mattos sobre contratação de Lucas Lima: 'Técnicos querem que ele fique'

O presidente Mauricio Galliote, o Diretor de Futebol Alexandre Mattos e Edu Dracena durante treino no CT Academia de Futebol - Ale Cabral/AGIF
O presidente Mauricio Galliote, o Diretor de Futebol Alexandre Mattos e Edu Dracena durante treino no CT Academia de Futebol Imagem: Ale Cabral/AGIF

Do UOL, em São Paulo

23/03/2021 21h40

O ex-diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos comentou a contratação do meia Lucas Lima pelo clube em sua gestão e disse que não tem bola de cristal para saber qual jogador pode dar certo, mas que todos os treinadores pedem a permanência do jogador.

"Cada contratação depende do momento, do negócio, do business. Infelizmente a gente não tem bola de cristal. O Lucas Lima, com 25 anos, foi um grande ponto de consolidação do Palmeiras. Ninguém esperava o Lucas Lima no Palmeiras, ninguém esperava nem que ele ficasse no Brasil. Pediam ele na seleção. Falar que foi muito um contrato de cinco anos [de duração]? Se fizessem dois, iam falar 'quem foi o imbecil que fez com dois anos?'. Não dá para falar. O que tem que fazer é ter competência para limpar'", disse Mattos em entrevista ao canal "Amici 1914" no YouTube.

Mattos lembrou que quando chegou ao Palmeiras precisou fazer uma 'limpa' no elenco e que muitos jogadores foram negociados. Ele também afirmou que tentou contratar Lucas Lima para o Atlético-MG após deixar o Verdão, mas que Abel Ferreira iria avaliar.

"O Palmeiras tinha 89 jogadores, muitos saíram emprestados, trocados, com acordo. Outros ficaram porque eram importantes, talvez não valendo o valor investido, mas o treinador usa. Lucas Lima é campeão paulista, do Brasileiro, da Libertadores. Os treinadores não usam ele, mas todos querem que ele fique", disse Mattos. "Quando eu estava no Atlético-MG eu liguei lá, e falaram 'não, o Abel vai ver'", finalizou.

Palmeiras