PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Nenê reclama de arbitragem, mas admite erro de Nino em expulsão

Lucca abre o placar para o Fluminense contra o Santos na Vila Belmiro

Do UOL, no Rio de Janeiro

21/02/2021 20h27

O Fluminense empatou com o Santos na Vila Belmiro. O resultado não foi dos piores, mas não impediu o sentimento de frustração dos jogadores após o apito final. A queixa era com a arbitragem essencialmente. Segundo Nenê, Savio Pereira Sampaio errou em diversos momentos e acabou irritando os tricolores.

Tudo ficou ainda pior aos 38min do segundo tempo, quando Nino cometeu falta e levou o cartão amarelo. O zagueiro se irritou e claramente xingou o árbitro, que imediatamente aplicou a segunda advertência e o expulsou.

Nenê reclamou da postura da arbitragem e disse que todo o time já tinha perdido a cabeça com essas situações, mas que apenas Nino cometeu o erro de verbalizar a irritação.

"Não estou decepcionado com o empate, mas da maneira como foi. A arbitragem não esteve nos seu melhores dias. Foi irritando, irritando... Faltas para gente, cartão para gente e para eles não. Nino errou porque perdeu a cabeça antes. Perdemos uma grande chance de ficar no G4. Resultado bom, mas pela maneira foi um pouco frustrante", disse.

O resultado poderia ter sido outro se o Fluminense tivesse mantido a postura do primeiro tempo durante os 90min. Na etapa inicial, os visitantes levaram a melhor e comandaram as ações. Já no segundo tempo...

"Baixamos demais a linha, deixamos ele criar confiança. Eles precisavam vencer, jogando em casa. Pecamos nesse sentido, demos confianças para eles. Foi isso, nada de cansaço, não", finalizou Nenê.

O Fluminense ainda pode se classificar diretamente para a fase de grupos da Libertadores. Para isso, no entanto, terá que secar o São Paulo contra Botafogo e Flamengo nas rodadas finais. Caso os paulistas somem dois pontos ficam com a vaga. Se tiver apenas mais um, os cariocas se classificam em caso de vitória sobre o Fortaleza.

Fluminense