PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

Brasileirão terá G6, G7 ou G8 para a Libertadores? Entenda

Raphael Veiga e Matheus Henrique disputam a bola na partida entre Palmeiras e Grêmio, pelo Brasileirão  - Marcello Zambrana/AGIF
Raphael Veiga e Matheus Henrique disputam a bola na partida entre Palmeiras e Grêmio, pelo Brasileirão Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Do UOL, em São Paulo

16/02/2021 04h00

Não é somente a briga pelo título que deve acirrar a reta final do Campeonato Brasileiro. A disputa por uma vaga na Copa Libertadores também vai ser intensa nas últimas duas rodadas. Um detalhe, no entanto, pode ser decisivo para definir quem vai garantir vaga para a competição continental em 2021: o Brasileirão terá G6, G7 ou G8 ao término da disputa?

Até o momento, seis times já estão classificados à Libertadores — seja para a fase de grupos ou preliminar. Outros sete estão de olho nas outras duas que restam ao país. E é justamente aí que a classificação final do Brasileirão pode ser determinante.

O UOL Esporte explica abaixo os possíveis cenários para a zona de classificação para a Libertadores.

G6

Esse é o cenário mais improvável ao término do Brasileirão. Seria necessária uma combinação de resultados bastante difícil para as últimas rodadas. Isso sem mencionar a Copa do Brasil.

Primeiramente, o Palmeiras, atual campeão da Libertadores e já classificado para a próxima edição, precisaria terminar o Campeonato Brasileiro fora do pelotão dos seis mais bem posicionados. A equipe é atualmente sexta colocada, com 56 pontos — tem dois jogos a menos que os três primeiros da tabela.

O sétimo colocado, também com 56 pontos, é justamente o Grêmio, adversário do Alviverde na decisão do mata-mata nacional. Se o time gaúcho for campeão, seria necessário que, além do Palmeiras, o Tricolor dos pampas também ficasse fora do grupo dos seis primeiros.

Acontece que os times que estão mais próximos dos dois são Athletico-PR e Santos, com seis pontos a menos. Palmeiras e Grêmio (se for campeão da Copa do Brasil) não poderiam somar mais nem um ponto sequer para a possibilidade de preservar a estrutura de G6 na classificação.

G7

Atualmente, é assim que está o Campeonato Brasileiro. Isso acontece porque o Palmeiras, sexto colocado e já classificado para a Libertadores, abre vaga para o sétimo colocado, que no momento é o Grêmio.

O cenário só será alterado se o Palmeiras obrigatoriamente terminar a disputa fora do grupo dos seis mais bem colocados. O Grêmio, se conquistar a Copa do Brasil, também precisaria ficar fora deste pelotão.

Se Palmeiras ou Grêmio (em caso de conquista da Copa do Brasil) ficarem entre os seis melhores, o Brasileirão terminará com G7.

G8

Este é um cenário bastante possível ao término da disputa. Para isso, depende do que vai acontecer na Copa do Brasil. Caso Palmeiras e Grêmio (se conquistar a Copa do Brasil) finalizem entre os seis melhores da competição — atualmente eles são sexto e sétimo, respectivamente — o Brasileirão terá G8.

Nesta situação, ambos já teriam vaga direta para a Libertadores — o Palmeiras por ser o atual campeão e o Grêmio por causa do título da Copa do Brasil — e abririam lugar na principal competição da América do Sul até o oitavo colocado do Brasileirão.

Caso o Palmeiras seja o campeão da Copa do Brasil e finalize entre os seis primeiros, também seriam abertas outras duas vagas para a Libertadores.