PUBLICIDADE
Topo

Juventus

'Maior goleador da história', crava imprensa europeia após gol 760 de CR7

Cristiano Ronaldo marca na partida entre Juventus e Napoli, pela Supercopa da Itália - Getty Images
Cristiano Ronaldo marca na partida entre Juventus e Napoli, pela Supercopa da Itália Imagem: Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

20/01/2021 19h25

Cristiano Ronaldo se tornou hoje o maior goleador da história do futebol. Pelo menos é o que afirma a imprensa europeia. O craque português marcou na vitória da Juventus contra Napoli, pela final da Supercopa da Itália, e chegou a 760 gols na carreira.

Com o feito, CR7 superou Josef Bican na artilharia de jogos oficiais. O tcheco somou 759 gols nos gramados.

A marca impressiona, mas rende polêmica. Isso porque a conta que coloca Cristiano Ronaldo como maior goleador de todos os tempos desconsidera números de Pelé — o ex-santista registra 1.283 gols. A discussão em relação a quantas vezes o Rei do Futebol balançou as redes tem sido tópico de discussão nos últimos tempos.

O principal motivo para a polêmica é que alguns sites de estatísticas não consideram os gols marcados por Pelé em partidas amistosas. Além disso, mesmo considerando apenas jogos oficiais, existem divergências. Há quem aponte que foram 757 gols, outros citam 762 — este segundo, ainda acima da marca de Cristiano Ronaldo.

Vale ressaltar que, na Europa, gols e jogos em partidas amistosas são normalmente ignorados. As principais listas registram apenas estatísticas de partidas oficiais.

A Fifa, por sua vez, adota o mesmo critério. Para a entidade, um jogo de uma seleção contra um clube, por exemplo, não pode ser considerado oficial.

Outra explicação para o uso desse critério de jogos oficiais é a falta de padrão nos amistosos.

Juventus