PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Vital cita evolução do Corinthians e projeta Dérbi: 'Estamos confiantes'

Vital marcou gols nos dois últimos jogos do Corinthians na temporada  - Bruno Ulivieri/AGIF
Vital marcou gols nos dois últimos jogos do Corinthians na temporada Imagem: Bruno Ulivieri/AGIF

Do UOL, em São Paulo

15/01/2021 16h42Atualizada em 15/01/2021 16h58

Destaque positivo do Corinthians nas duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, o meia Mateus Vital recuperou a boa fase sob o comando do técnico Vagner Mancini. Depois de anotar gols contra o Botafogo, no Rio, e contra o Fluminense, na Neo Química Arena, o jogador falou sobre o seu momento pessoal e projetou o Dérbi da próxima segunda-feira, diante do Palmeiras.

Reserva durante a maior parte desta temporada, Vital ganhou a oportunidade de iniciar jogando contra o Fluminense, já que o venezuelano Otero - titular da posição - testou positivo para Covid-19 e entrou em isolamento social. Com isso, o jovem meio-campista, de apenas 22 anos, agarrou a oportunidade e foi um dos mais elogiados da equipe no compromisso do meio da semana.

"Nessas chances que eu tive, consegui aproveitar, e o coletivo tem me ajudado bastante. Espero, nas outras oportunidades que tiver, agarrar minha chance e mostrar ao professor que eu tenho condições de me firmar na equipe. Esse é o meu objetivo: me firmar aqui para registrar meu nome na história do Corinthians", afirmou o jogador, demonstrando empolgação com sua fase.

Em alta com Vagner Mancini e elogiado pela torcida nas redes sociais, Mateus Vital é um dos favoritos a iniciar a partida contra o Palmeiras. O Corinthians vem de uma sequência de quatro vitórias seguidas, ultrapassou o rival Santos e assumiu a 8ª colocação do Campeonato Brasileiro. A equipe está na briga por uma vaga na Copa Libertadores da próxima temporada e um bom resultado no Dérbi pode deixar o Timão ainda mais perto de seu objetivo.

"Todos têm notado nossa grande evolução nos jogos. A cada jogo, evoluímos em todos os aspectos: tático, técnico e físico. O Palmeiras é finalista de dois campeonatos importantes, mas estamos confiantes, trabalhando bem, e clássico é um jogo a parte, sabemos jogar esse tipo de jogos e vamos lá conquistar esses três pontos, que é o que nos interessa", sentenciou o corintiano, já projetando o Dérbi.

Antes do clássico na casa do rival, o Corinthians tem mais três sessões de treinamento no CT Joaquim Grava. Até lá, o técnico Vagner Mancini definirá a escalação e a melhor estratégia para enfrentar o Palmeiras, finalista da Copa Libertadores e da Copa do Brasil.

Confira outros trechos da coletiva de Mateus Vital:

Sobre a melhora do Corinthians

"É um treinador que te dá respaldo e confiança para entrar no jogo e fazer o seu melhor. É isso que estamos fazendo. Os resultados estão acontecendo. O Mancini tem feito isso muito bem, tem feito isso com todo mundo. Basta ver a evolução do elenco e isso é muito importante".

Sobre a possibilidade de deixar o Corinthians

"Quando o jogador não joga, a gente acaba pensando nessas situações. Em nenhum momento eu quis sair do Corinthians. Soube de algumas sondagens, mas nenhuma proposta oficial. Sempre quis dar a volta por cima aqui dentro. Meu objetivo é marcar meu nome na história do Corinthians e continua sendo assim. Procuro estar fazendo por onde, entrar nos jogos e agarrar a oportunidade".

Sobre o aspecto físico da equipe

"Tem essa melhora na parte física, mas junto com isso tem a questão de que hoje nosso time fica muito mais com a bola. Quando isso acontece, você tem essa confiança, você acaba correndo menos. Isso tem nos ajudado bastante. Melhoramos muito na parte física".

Sobre a possibilidade de uma vaga direta na Copa Libertadores 2021

"Era o nosso objetivo desde sempre. Para muitos aí fora iríamos brigar contra o rebaixamento, mas nosso grupo está muito focado. Sabíamos da qualidade do nosso elenco, sabíamos que brigaríamos lá em cima. Quem veste essa camisa sabe da responsabilidade de sempre almejar coisas grandes. Tenho certeza de que vamos conseguir beliscar essa vaguinha".

Sobre como manter o equilíbrio e não deixar a boa fase atrapalhar a equipe na sequência da temporada

"Nosso grupo é bastante maduro. O que a gente já tomou de porrada no ano passado e não ficamos para baixo. Os jogos que temos feito recentemente também e não nos empolgamos. Temos muitos jogadores experientes. É um jogo muito importante por ser um clássico, mas vale os mesmos três pontos. O clássico não vale seis pontos, vale o mesmo que valeu contra o Fluminense. Temos isso bem claro".

Sobre a melhora do sistema ofensivo

"Confiança e fazer a melhor escolha no último terço do campo. O Mancini cobra bastante isso, temos feito muitos trabalhos no setor ofensivo. Ele cobra muito isso e eu acho que temos conseguido fazer o que ele pede".

Corinthians