PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Cruzeiro sofre gol no fim, empata com o Avaí e mantém drama na Série B

Avaí e Cruzeiro ficaram no 1 a 1 na Ressacada, na rodada 30 da Série B - Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Avaí e Cruzeiro ficaram no 1 a 1 na Ressacada, na rodada 30 da Série B Imagem: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

18/12/2020 22h12

O Cruzeiro quase comemorou a vitória, mas levou gol de empate no fim e desperdiçou chance de se aproximar do G4 na Série B. Na noite de hoje (18), Raposa e Leão ficaram no 1 a 1, pela 30ª rodada, na Ressacada, em Florianópolis. A partida marcou o encontro de duas equipes que lutam para ficar perto da zona de acesso à Série A, mas com o resultado, nem mineiros e nem catarinenses conseguem dar passo importante pelo objetivo.

O gol da Raposa foi marcado por Filipe Machado no fim do primeiro tempo, e Valdívia empatou quase no fim da partida.

A próxima partida do Cruzeiro é nesta terça-feira (22), contra a Ponte Preta, mais um adversário direto na competição, às 21h30, no estádio Moisés Lucarelli. Já o Avaí faz o clássico com o Figueirense, no Orlando Scarpelli, no sábado (26), um dia depois do natal, às 16h.

O jogo

As duas equipes iniciaram a partida com muito estudo do adversário, sem arriscar demais e com pouca aceleração na transição ofensiva, o que deixou o jogo lento. Sem tanta qualidade técnica e com excesso de faltas, as melhores alternativas e jogadas saíam pelas laterais.

E foi justamente em uma jogada pelo lado que o Cruzeiro abriu o placar com Filipe Machado, após cruzamento de Willian Pottker, no fim da primeira etapa.

Já no segundo tempo o jogo se manteve com uma pegada mais firme, com faltas mais ríspidas, muita reclamação de ambos os lados com cobranças de cartões, que acabaram sendo apresentados com mais intensidade pela arbitragem.

O Avaí tentava imprimir um ritmo acelerado no ataque, mas parava na marcação da Raposa, que por pouco não segurou o resultado. Valdívia empatou quase na última volta do relógio

Desfalques no Cruzeiro

No jogo contra a Ponte Preta, na próxima terça-feira (22), no Moisés Lucarelli, o goleiro Fábio e o atacante Rafael Sóbis, ambos do Cruzeiro, estão suspensos. Os dois levaram o terceiro cartão amarelo e viraram problemas para o técnico Felipão.

Quem foi bem: Felipe Machado e Valdívia

O volante teve o seu nome gritado por Felipão em diversas oportunidades no jogo. "Vai, Machado; puxa, Machado". E em um lance rápido de ataque pela direita no primeiro tempo, Willian Pottker subiu, cruzou para o meio da área onde estava justamente ele, Machado, que sem marcação fez o gol.

Já Valvídia deixou sua marca após assistência do ex-Cruzeiro Edilson, o que complicou a vida da Raposa.

Quem foi mal: Alemão e Patrick Brey

O zagueiro do time catarinense se atrapalhou com o goleiro no lance do gol do Cruzeiro e o lance prejudicou a equipe de Claudinei Oliveira.

Já o lateral da Raposa, mais uma vez, errou em lance importante e cometeu a falta que originou o lance de gol do Avaí.

Cronologia do jogo:

Aos 41 minutos do primeiro tempo, Machado apareceu livre dentro da área e aproveitou cruzamento de Pottker, para fazer 1 a 0.

Aos 49 minutos do segunto tempo, Valdívia aproveitou cruzamento de Edilson, Ex-Cruzeiro, e balançou as redes de Fábio: 1 a 1.

FICHA TÉCNICA:

AVAÍ 1 x 1 CRUZEIRO

Motivo: 30ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data e Horário: 18 de dezembro de 2020 (sexta-feira), às 20h15 (de Brasília)
Árbitro: Antônio Dib Moraes de Sousa (PI)
Auxiliares: Rogério de Oliveira Braga (PI) e Márcio Iglésias Araújo Silva (PI)
Gol: Filipe Machado (40' 1º T); Valdívia (50' 2º T)
Cartão amarelo: Rafael Sóbis, Willian Pottker, Cáceres, Fábio (CRU); Getúlio, Betão, Edílson (AVA)
Cartão vermelho:

AVAÍ: Lucas Frigeri; Edilson, Alemão, Betão e Iury; Leandrinho (Jean Martim), Pedro Castro (Luan Silva); Valdívia, Getúlio (Rodrigão) e Vinícius Leite (Renatinho); Gastón Rodriguez (Ronaldo). Técnico: Claudinei Oliveira

CRUZEIRO: Fábio; Cáceres, Manoel, Ramon e Patrick Brey; Adriano, Jadsom Silva (Jadson) e Filipe Machado (Giovanni); Airton (Welinton), Rafael Sóbis (Marcelo Moreno) e William Pottker (Arthur Caíke). Técnico: Luiz Felipe Scolari

Errata: o texto foi atualizado
Diferente do que foi informado, a falha defensiva do zagueiro Alemão não foi determinante para a derrota do Avaí -- a partida terminou empatada em 1 a 1. O erro foi corrigido.

Cruzeiro