PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Ney Franco vê triunfo justo em estreia e revela pedido à cúpula do Cruzeiro

Ney Franco estreia como técnico do Cruzeiro em partida da Série B 2020 - Fernando Moreno/AGIF
Ney Franco estreia como técnico do Cruzeiro em partida da Série B 2020 Imagem: Fernando Moreno/AGIF

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

12/09/2020 04h00

Classificação e Jogos

Ney Franco se empolgou com o triunfo por 1 a 0 sobre o Vitória em sua estreia pelo Cruzeiro. O técnico crê que o placar obtido no Mineirão, pela nona rodada da Série B do Brasileirão, foi merecido e revelou que fez um pedido ao presidente Sérgio Santos Rodrigues para trabalhar ainda sem ter 100% do contrato alinhavado.

"Queria, primeiramente, pontuar que a gente teve uma vitória merecida, um resultado justo. O merecimento foi em cima da forma de jogar, uma equipe que procurou o gol o tempo todo. A nossa equipe deu uma caída de rendimento no fim do primeiro tempo, mas ganhou uma força ofensiva enorme e criou várias situações de movimentações ofensivas", disse o treinador.

"Saiu o gol, e a gente sai daqui muito feliz com a estreia, no caso, a minha estreia. É um jogo que nos dá referência de como a equipe tem que ser, mas é claro que precisa melhorar a cada rodada. A gente tem que disputar o campeonato com a referência que teve no segundo tempo", acrescentou.

Ney Franco ainda fez uma revelação sobre o seu primeiro contato com o mandatário cruzeirense. Na ocasião, ele pediu para ter um dia a mais de treino e contou o que trabalhou nas atividades que antecederam a sua estreia no clube.

"No primeiro contato que o presidente me fez, na terça-feira à tarde, eu falei: 'presidente, quero abrir mão de alguns detalhes de contrato, porque já quero treinar na quarta-feira à tarde e na quinta-feira à tarde'. Dentro dessas duas sessões de treinamentos, trabalhamos com o grupo reduzido na primeira. Na tarde de ontem, a gente fez um trabalho tático, eu mudei o posicionamento do setor de meio de campo, coloquei apenas o Jean, que fez uma baita partida hoje", comentou.

"Treinei muito a marcação alta, que deu certo. No segundo tempo, a gente apertou o Vitória no campo deles e poderia ter feito mais gols. A gente coloca o princípio da equipe com marcação alta para não deixar o adversário ter liberdade para jogar", completou.

Cruzeiro