PUBLICIDADE
Topo

Rodrigo Mattos: "Saída de Dudu aumenta a distância entre Palmeiras e Fla"

Do UOL, em São Paulo

10/07/2020 11h27

A saída de Dudu deixará a missão do Palmeiras de fazer frente ao Flamengo mais difícil. Na visão de Rodrigo Mattos, blogueiro do UOL Esporte, o clube não conseguirá encontrar uma reposição do mesmo nível do atacante e passará por um processo de reinvenção.

"O valor financeiro é bom para um jogador de 28 anos. Mas não vai resolver o problema do Palmeiras de reposição. Tinha seu melhor jogador e perdeu, não vai conseguir uma reposição à altura por esse valor. Já tinha uma distância grande para o Flamengo. Essa distância aumentou, porque não vai ter reposição à altura", opinou.

Duduo foi negociado ao Al-Duhail, do Qatar, por uma quantia que pode chegar a 13 milhões de euros. Inicialmente, o clube árabe pagará 7 milhões de euros (R$ 42,2 milhões) por empréstimo de um ano. Na sequência, poderá exercer a compra do atacante por mais 6 milhões de euros (R$ 36,2 milhões).

"Acho que o valor de 13 milhões de euros é mais uma contenção de danos. Foi o que se conseguiu em um cenário em que o jogador queria a negociação, então o Palmeiras conseguiu minimizar o prejuízo da saída dele com um bom valor de saído. Mas não vejo como olhar como positiva essa saída", prossegue Rodrigo Mattos.

Para o blogueiro, a negociação teve influência direta com as polêmicas extracampo vividas por Dudu. A ex-mulher dele, Mallu Ohana, o acusa de agressão.

"Está claro que isso impactou, porque antes não se falava de uma negociação. Palmeiras não tinha interesse em vender o Dudu para qualquer lugar, a não ser que fosse uma grande proposta. E ele não parecia muito interessado em sair do Palmeiras a não ser que fosse para algum mercado significativo".

O Al-Duhail ainda está vivo na Liga dos Campeões da Ásia e lidera o campeonato nacional do Qatar. Apesar disso, o blogueiro considera que Dudu estará abrindo mão de qualquer chance de ser convocado para a seleção brasileira ao ir para um país com pouca tradição no esporte.

"O Qatar é um lugar onde você some, não é uma liga competitiva. Com 28 anos, ele está meio que abrindo mão de vez da seleção. Também abre mão de ir para algum mercado competitivo dentro da Europa. Está indo para ganhar dinheiro, basicamente, e por causa dessa acusação de agressão", completou.

Sempre com a camisa 7 às costas, Dudu se tornou o artilheiro do século 21 do clube alviverde. O atleta soma 70 gols pelo Palmeiras, 16 a mais que Vagner Love, o segundo colocado. Na artilharia geral do Palmeiras, Dudu ocupa o 32º lugar. O atacante estava perto de superar o ex-atacante Nei, que marcou 71 gols com a camisa alviverde.

Palmeiras