PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Joe Hart fica sem clube e faz apelo: "Preciso que alguém acredite em mim"

Hart com a camisa do Burnley; goleiro ex-seleção inglesa ficou sem contrato e está livre para assinar com qualquer clube - Anthony Devlin - PA Images/PA Images via Getty Images
Hart com a camisa do Burnley; goleiro ex-seleção inglesa ficou sem contrato e está livre para assinar com qualquer clube Imagem: Anthony Devlin - PA Images/PA Images via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

30/06/2020 08h58

Presente entre os ingleses que disputaram as Copas do Mundo de 2010 e 2014, Joe Hart, de 33 anos, vive hoje um cenário bem diferente daquele que o consagrou no Manchester City.

Pela primeira vez em 17 anos de carreira, o goleiro está sem clube. O seu contrato com o Burnley, time que disputa o Campeonato Inglês, acabou hoje e, portanto, Hart está liberado para assinar com qualquer outra equipe.

Em entrevista à BBC, o jogador revelou que não vai perder o foco diante da atual situação. "Talvez do lado de fora, as pessoas pensem que é hora de entrar em pânico, mas do lado de dentro é hora de olhar para frente e ver todas as oportunidades. Eu sou jovem quando se trata de goleiro", disse.

Hart sabe, no entanto, que as futuras chances não devem ser de times que briguem por títulos nacionais e pela Liga dos Campeões.

"Não tenho ilusões de que o Real Madrid vai bater na minha porta, tirar o Courtois e me trazer para dentro. Mas há muito mais por vir. Só preciso que alguém acredite em mim e retribuirei essa fé", falou.

Passado no City

Na conversa, Hart relembrou os tempos vividos no Manchester City - ele passou mais de 10 anos na equipe e acompanhou o crescimento a nível continental do clube.

"Todo torcedor do Manchester City me trata com o maior respeito que eu jamais poderia sonhar. Não recebi um depoimento e uma grande despedida, mas não há sentimento melhor do que a maneira como sou tratado pelas pessoas importantes, os fãs e as pessoas do time. Este clube sempre fará parte de mim", falou à BBC.

Futebol