PUBLICIDADE
Topo

Santos prioriza emprestar Uribe ao exterior pra se livrar de alto salário

Fernando Uribe, centroavante do Santos, pode deixar o clube paulista ainda nesta temporada - Ivan Storti/Santos FC
Fernando Uribe, centroavante do Santos, pode deixar o clube paulista ainda nesta temporada Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

29/06/2020 04h00

A diretoria do Santos busca por mercado no exterior para se livrar do alto salário do atacante colombiano Fernando Uribe, de 32 anos. Descrente sobre a possibilidade de recuperar os R$ 5 milhões investidos em sua contratação, o objetivo da cúpula santista, agora, é emprestá-lo por um alívio na folha mensal. O jogador, que está fora dos planos do técnico Jesualdo Ferreira, possui um dos ordenados mais altos do elenco.

Há sondagens da Itália e de outros países pelo atleta no mercado da bola. A cúpula santista quer evitar empréstimos no futebol brasileiro pois sabe que terá que "rachar" o salário em um possível empréstimo.

Uribe foi contratado há pouco mais de um ano do Flamengo como solução para a camisa 9 do clube após uma série de reclamações públicas do então treinador Jorge Sampaoli, hoje no Atlético-MG. Para atender a exigência, o clube topou a pedida do colombiano.

Logo em sua chegada, em 30 de maio, o clube postou uma mensagem em uma de suas redes sociais afirmando ter encontrado o seu 9 com uma brincadeira alusiva ao personagem Wally, da série inglesa de livros infantis "Onde está o Wally?". Por sua contratação, o clube alvinegro topou, inclusive, amortizar parte de parcelas do valor que teria direito a receber na venda de Bruno Henrique para a equipe carioca.

Em campo, porém, o jogador não deslanchou. Preterido por Sampaoli após atuações apagadas como titular, perdeu espaço dentro do clube e mudou até mesmo o número da camisa, deixando a 9 para utilizar a 20, antes do volante Jobson.

Ao fim da temporada, o jogador ficou quase dois meses sem atuar, sendo relacionado apenas para o banco de reservas, mas preterido durante os jogos. Desde que chegou ao Santos, Uribe atuou em 14 partidas e não marcou um gol sequer, seis jogos foram como titular.

Nem mesmo a chegada do novo técnico ajudou. O português Jesualdo Ferreira deu três chances consecutivas ao jogador em partidas em janeiro e fevereiro, pelo Campeonato Paulista. Em uma delas, como titular, contra a Inter de Limeira.

Uribe neste ano finalizou apenas duas vezes a gol, segundo o Footstats, e não acertou o alvo. No ano passado, no Brasileiro, a pontaria esteve entre as piores da equipe, somente a 16ª do elenco, com 33,3% de acertos. Mesmo número, por exemplo, do atacante Tailson, recém-promovido aos profissionais.

Jesualdo já havia dito que gostava de trabalhar com colombianos lembrando, principalmente, do centroavante Radamel Falcao Garcia, a quem dirigiu no Porto, de Portugal. Mesmo assim, a paciência do treinador parece ter findado. Antes da paralisação, apostava em nomes como Yuri Alberto e Kaio Jorge, formados pelo clube.

O Santos espera repassar Uribe por empréstimo já que o contrato é longo, vai até junho de 2022. O colombiano já teve o nome especulado em empréstimo ao Athético-PR, mas, principalmente, para voltar a atuar no futebol mexicano, onde se destacou pelo Toluca.

Futebol