PUBLICIDADE
Topo

'Me assusta o futuro deles', diz ex-Fla sobre povo da comunidade onde mora

Douglas Silva, ex-volante de Flamengo e Athletico-PR, mora em Padre Miguel, zona oeste do Rio - Reprodução Instagram
Douglas Silva, ex-volante de Flamengo e Athletico-PR, mora em Padre Miguel, zona oeste do Rio Imagem: Reprodução Instagram

Vanderlei Lima

Do UOL, em São Paulo (SP)

05/04/2020 04h00

Nascido e criado em Padre Miguel, bairro da zona oeste do Rio de Janeiro, Douglas Silva, ex-volante do Flamengo, demonstra preocupação quanto ao futuro dos moradores das regiões mais humildes diante da pandemia de coronavírus. Hoje aposentado, ele deu os primeiros passos no Bangu, tradicional clube de bairro homônimo, que faz divisa com Padre Miguel.

Números apontam que Padre Miguel e Bangu têm R$ 634 e R$ 581, respectivamente, de renda per capita, de acordo com FGV Social/CPS a partir dos Microdados do Censo 2010. Ocupam a 86ª e 96ª posições, nesta ordem, no que diz respeito ao Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) dos bairros do Rio de Janeiro.

O ex-jogador, que vende costelas no bafo e, recentemente, passou a assumir as entregas do delivery, ressaltou que muitos moradores das periferias vão acabar passando necessidade diante do cenário atual desenhado por causa da Covid-19.

"Me assusta [atual momento], mas o que me assusta mais são as pessoas de periferia, de comunidade. No meu aniversário, fiz uma costela beneficente para arrecadar alimentos e doações. Meu aniversário foi domingo, e na terça-feira não tinha mais nada para doar. Foi doado alimento, roupa... Eu consigo ficar tranquilo, mas o que me preocupa são as pessoas que não têm condições. Infelizmente, existem essas pessoas", disse ele, antes de completar:

"Eu moro aqui em Padre Miguel. Ao redor, são várias comunidades em outros bairros. Então, fico mais pensando na situação deles do que na minha. Eu, graças a Deus, estou sossegado em casa, tenho condições de cuidar do meu filho, dar uma comida. E os que não têm? E quem não tem essa situação agora? Não pode sair de casa, não pode trabalhar, não sabe se vai receber... Quem tem essa correria de fazer como eu faço, de vender as coisas na rua, não pode vender. Não é só no Rio de Janeiro, o Brasil todo está assim, Então, penso mais nas pessoas que são de comunidades de periferia porque é a minha realidade é o bairro que eu vivo. É preocupante demais."

Douglas Silva foi campeão do Brasileiro em 2001, pelo Athletico-PR, e do Carioca em 2004, pelo Flamengo. Ele ainda teve passagens por Grêmio, Sport, Avaí, Brasiliense e outros, antes de se aposentar, aos 33 anos, com a camisa do Ceres, que disputa a segunda divisão do Rio de Janeiro.

Atualmente, além de cursar faculdade de Educação Física e dar aulas em escolinhas de futebol, mantém o Ponto Chic, local onde vende costela no bafo.

Flamengo