PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Paulinho se destaca na Alemanha, e Ederson vive dia infeliz em clássico

Paulinho fez dois gols e deu assistência, comandando a goleada do Bayer Leverkusen - Montagem sobre Joachim Bywaletz/Xinhua
Paulinho fez dois gols e deu assistência, comandando a goleada do Bayer Leverkusen Imagem: Montagem sobre Joachim Bywaletz/Xinhua

Do UOL, em São Paulo (SP)

09/03/2020 04h00

Poucos jogadores de futebol sorriram tanto neste fim de semana quanto o atacante Paulinho. Membro da seleção olímpica, o jogador revelado pelo Vasco comandou a goleada do Bayer Leverkusen sobre o Eintracht Frankfurt, em duelo válido pela 25ª rodada do Campeonato Alemão. A vitória por 4 a 0 deixou o time na quarta colocação da tabela, dentro da zona de classificação para a Liga dos Campeões da Europa.

Enquanto Paulinho sorriu, Ederson se frustrou. Provavelmente o goleiro titular do Brasil para o início das eliminatórias, já que Alisson acabou fora da lista por lesão, o jogador do Manchester City foi derrotado no clássico da cidade contra o Manchester United por 2 a 0 e cometeu um erro grave no segundo gol dos rivais.

Paulinho "goleia sozinho"

Paulinho cumprimenta - Jörg Schüler/Getty Images - Jörg Schüler/Getty Images
Paulinho brilhou na goleada do Bayer Leverkusen sobre o Eintracht Frankfurt
Imagem: Jörg Schüler/Getty Images

Foram dois gols e uma assistência na vitória por 4 a 0 sobre o Entracht Frankturt, equipe do goleiro alemão Kevin Trapp, antigo atleta do Paris Saint-Germain e "parça" de Neymar. Paulinho terminou o fim de semana como um dos destaques de todo o futebol alemão.

Na briga para assegurar uma vaga nos Jogos Olímpicos, o ex-atacante do Vasco atuou com liberdade e correspondeu.

Fora o papel decisivo em três gols, Paulinho se mostrou participativo e somou 40 toques durante toda a partida, a primeira do atacante pela Bundesliga desde dezembro. Os números são do Sofascore.

Chelsea tem desfalques. Sorte que tem Willian

Willian Chelsea - Action Images via Reuters/Matthew Childs - Action Images via Reuters/Matthew Childs
Willian se destacou na importante vitória do Chelsea sobre o Everton; time de Londres é o 4º na tabela
Imagem: Action Images via Reuters/Matthew Childs

Frank Lampard tem trabalhado com desfalques e sofre para escalar a melhor versão do Chelsea para a parte decisiva da temporada. Neste fim de semana, contudo, o treinador deve comemorar o fato de Willian ser um dos jogadores à disposição. O experiente meia atacante brasileiro comandou a goleada por 4 a 0 sobre o Everton, em Stamford Bridge.

Willian fez um gol, deu uma assistência e apareceu como a grande opção ofensiva da equipe no confronto. Foram duas chances geradas para a equipe e três passes decisivos (que criam oportunidades de gol) durante os 71 minutos dentro de campo contra a equipe de Liverpool.

Se Willian brilhou, Bernard e Richarlison acabaram em uma jornada discreta na goleada sofrida pelo Everton. Ambos não finalizaram a gol e foram anulados pelo sistema armado por Lampard em Londres. O Chelsea ocupa a quarta colocação na Premier League, enquanto o Everton é o 12º.

Ederson tem noite para esquecer

Ederson Manchester United - Phil Noble/Reuters - Phil Noble/Reuters
Ederson viveu uma noite para se esquecer no clássico entre City x United
Imagem: Phil Noble/Reuters

O brasileiro com jornada mais difícil na Inglaterra foi Ederson. O goleiro falhou no clássico contra o Manchester United dias depois de ser convocado por Tite para a seleção brasileira. No primeiro gol, a bola passou sobre o braço do goleiro no chute de Martial. O pior erro, entretanto, ocorreu já nos acréscimos da partida fora de casa.

Ederson quis apressar a reposição e jogou a bola nos pés de McTominay, que acertou um belo chute de longe para sacramentar o 2 a 0 e a vitória do Manchester United. Nada, contudo, que abale a confiança de Pep Guardiola. "É um goleiro fantástico", disse o treinador à ESPN.

Fred "domina meio-campo" diante do City

Fred - Carl Recine/Reuters - Carl Recine/Reuters
Pelo lado vermelho, Fred foi bem no clássico contra o Manchester City
Imagem: Carl Recine/Reuters

O lado vermelho sorriu, muito em função da boa atuação de Fred. O meio-campista brasileiro comandou o setor de meio-campo do Manchester United. O entrosamento com Bruno Fernandes, nova estrela do clube, chegou rápido e provocou a evolução do trabalho do jogador brasileiro.

De acordo com o Sofascore, Fred tocou 56 vezes na bola, segundo no ranking do time, e se desdobrou na marcação, justamente o item que fez a diferença para um United com apenas 27% de posse de bola na partida. Foram dois desarmes, duas interceptações e um corte decisivo durante o clássico.

[O Manchester City] É um time bem rápido ali na frente, um time que gosta de ficar com a bola. A gente explorou o contra-ataque, fomos muito fortes e rápidos. Temos uma defesa muito sólida, que marca bem. É mais um jogo sem tomar gols. Conseguimos sair no contra-ataque e saímos vitoriosos"
Fred, em conversa com a ESPN.

Dupla brasileira se destaca contra o Real Madrid

Betis Real Madrid - REUTERS/Marcelo Del Pozo - REUTERS/Marcelo Del Pozo
Emerson teve atuação segura diante de Vinícius Jr. na vitória do Betis sobre o Real Madrid
Imagem: REUTERS/Marcelo Del Pozo

O Real Madrid deixou a liderança do Campeonato Espanhol ao perder por 2 a 1 para o Betis, fora de casa. A equipe de Sevilla contou com boa atuação de brasileiros para superar o poderoso time da capital, que teve Vinicius Júnior, Eder Militão, Casemiro e Marcelo entre os titulares.

No setor central da zaga, Sidnei anotou um gol e mostrou elevado poder de concentração, conseguindo cinco cortes, quatro interceptações e três desarmes durante os 90min de duelo, segundo o Sofacore.

Já na lateral direita, Emerson viveu noite segura e levou a melhor na disputa de setor com Marcelo e Vinicius Júnior.

Esporte