PUBLICIDADE
Topo

Arnaldo: "Diniz colocou o Daniel Alves numa posição que não se imaginava"

Do UOL, em São Paulo

25/02/2020 04h00

Classificação e Jogos

O São Paulo fez um apoio oficial ao técnico Fernando Diniz em seu site na última semana e o primeiro jogo após a declaração foi uma goleada do time sobre o Oeste por 4 a 0 pelo Campeonato Paulista, com atuações destacadas de Daniel Alves e Alexandre Pato.

O segundo bloco do podcast Posse de Bola #21analisa as melhoras do time que foi bastante criticado nos primeiros jogos da temporada devido aos resultados ruins mesmo nos jogos em que atuava bem.

Arnaldo Ribeiro analisa que o grande mérito do treinador desde sua chegada ao clube foi ter conseguido encaixar Daniel Alves como um jogador fundamental para o time.

"O Fernando Diniz, talvez seja o principal mérito até agora no São Paulo, foi ter colocado o Daniel Alves numa posição em que não se imaginava", afirma o jornalista.

Em análise de atuação relacionada ao custo dos jogadores do São Paulo, Mauro Cezar Pereira espera ver Daniel Alves atuando sempre no nível que apresentou nas últimas partidas, não bastando apenas jogar bem.

"Ele tem jogado bem, mas ele tem que jogar muito bem para justificar o alto investimento feito. Agora ele está começando a chegar nesse nível, e com liderança e tal, que é o que mais se espera dele. O Daniel não jogou mal no São Paulo, ele faz boas partidas, mas ele tem que fazer ótimas partidas. Ele tem que ser o comandante do time realmente, mas me parece que ele está caminhando nessa direção", diz Mauro.

Por outro lado, Juca Kfouri alerta para a empolgação com Alexandre Pato e aposta que o torcedor são-paulino se arrependerá de ter voltado a acreditar no jogador depois da boa atuação e dos gols contra o Oeste.

"O São Paulo se arrependerá de ter acreditado que, no dia 22 de fevereiro, Alexandre Pato ressurgiu para o futebol. Dois gols que vão custar caríssimo ao São Paulo. Mais uma vez num jogo ganho, mole, ele apareceu e fez dois gols. Quem cresce a olhos vistos é o Daniel Alves, mas deesse não se tem duvida sobre a qualidade do futebol dele", diz Juca.

Quem também não entra na empolgação com Pato é Celso Unzelte, jornalista convidado neste episódio, que prefere esperar por uma sequência de bons jogos do atacante.

"Brilhareco ele já teve muitos na carreira, eu quero sequência. Ultimamente não vinha mal para os padrões do Pato, mas não fazia gol, parece que as duas coisas nunca andam juntas. Não vinha mal, mas não fazia gol. Eu quero uma sequência, que classifique o time, que seja decisivo nos mata-matas. Ele é sempre o jogador do terceiro gol, do quarto gol, do jogo mole, eu quero ver essa vibração na hora que pede", diz Unzelte.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol