PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG afasta mascote que expôs jogadora: "ato lamentável"

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

17/02/2020 10h37

Resumo da notícia

  • Atlético-MG anunciou afastamento de funcionário que interpretou o mascote do clube em jogo de ontem
  • Profissional foi criticado após expor uma atleta do time de futebol
  • O mascote deu a mão para Vitória Calhau e pediu que ela desse um giro
  • Na sequência, ele se afasta esfregando as mãos. O ato foi criticado por torcedores que falaram em assédio
  • Em nota, o Atlético-MG informou que repudia a atitude do funcionário
Classificação e Jogos

O Atlético-MG anunciou, por meio do Twitter, que afastou o funcionário que interpretava a mascote que expôs a jogadora Vitória Calhau ontem durante o intervalo do jogo contra a Caldense (veja o vídeo abaixo). Segundo o clube, o ato foi lamentável.

"Sobre o episódio ocorrido na tarde de ontem, envolvendo a atleta Vitória Calhau, o Atlético lamenta e repudia o comportamento do funcionário, que foi sumariamente afastado", escreveu.

Veja o momento em que mascote expõe jogadora

UOL Esporte

"Pedimos desculpas à atleta, às demais jogadoras e a todas as torcedoras e torcedores pelo lamentável ato", completou.

No gramado do Mineirão, no intervalo do jogo contra a Caldense, a mascote deu a mão a uma das atletas e lhe pediu para girar. Na sequência, ele se afasta esfregando as mãos. Não foi a única vez. Enquanto estavam completando a volta no gramado, a mascote repetiu o gesto de girar a atleta, como mostra o vídeo acima.

A atitude foi criticada pelos torcedores, que alegaram assédio do intérprete da mascote a Vitória Calhau, que é atleta profissional do Atlético-MG. Muitas pessoas se manifestaram nas redes sociais condenando a atitude.

Atlético-MG