PUBLICIDADE
Topo

Libertadores - 2020


Rival do São Paulo perde técnico a 24 dias da estreia na Libertadores

Binacional, time do Peru, enfrenta o São Paulo na fase de grupos da Libertadores de 2020 - Reprodução/Twitter
Binacional, time do Peru, enfrenta o São Paulo na fase de grupos da Libertadores de 2020 Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

11/02/2020 15h12

Classificação e Jogos

Rival do São Paulo na abertura do Grupo D da Copa Libertadores da América, o Binacional perdeu seu técnico a 24 dias da estreia. Cesar Vigevani pediu demissão ontem (10) e foi liberado pelos dirigentes, que ainda não escolheram um substituto para a temporada mais importante da história do clube peruano.

Vigevani foi contratado pelo Binacional justamente para 2020, ano da primeira participação da equipe na Libertadores, e somava apenas três partidas no cargo. O argentino de 45 anos vinha de bom trabalho pelo Bolívar, da Bolívia, e era tratado como grande esperança para conduzir o atual campeão peruano — na temporada passada, a do título nacional, a equipe teve Roberto Mosquera como técnico nas rodadas finais.

A saída de Vigevani foi anunciada pelo Binacional na noite de ontem: "O comando técnico profissional, encabeçado pelo treinador Cesar Vigevani, recebeu uma melhor oferta de trabalho. A diretoria do clube, respeitando cláusulas do contrato, não negou a saída do comando técnico. Os acordos foram firmados em bons termos e respeitando o que havia sido estabelecido. Agradecemos ao comando técnico pelos serviços prestados durante a estadia em nossa região. Desejamos êxitos em seu futuro".

Essa melhor oferta de trabalho não foi divulgada, mas os veículos peruanos falam que o destino de Vigevani deve ser um clube dos Emirados Árabes Unidos.

O São Paulo visita o Binacional em Juliaca, que fica a 3.800 metros do nível do mar, no dia 5 de março, às 21h (de Brasília). Recentemente, o Tricolor enviou dois membros da comissão técnica para mapear o local à procura de estruturas para treinos, hospedagem e alimentação. A cidade tem condições bastante rudimentares e o estádio passa por obras para instalação de refletores que permitam a realização de jogos noturnos.