PUBLICIDADE
Topo

Jardine aguarda DM para definir time do Brasil para 'decisão' ante Uruguai

Dodô aguarda evolução das dores no tornozelo esquerdo para saber se enfrenta o Uruguai - Lucas Figueiredo/CBF
Dodô aguarda evolução das dores no tornozelo esquerdo para saber se enfrenta o Uruguai Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Danilo Lavieri

Do UOL, em Bucaramanga (Colômbia)

05/02/2020 04h00

Classificação e Jogos

André Jardine aguarda o departamento médico para poder definir a equipe que será titular na partida de amanhã (6) contra o Uruguai, às 20h (de Brasília), pela 2ª rodada do quadrangular decisivo do Pré-Olímpíco, após o 1 a 1 contra a Colômbia.

A principal dúvida que será respondia na véspera do encontro é a situação de Guga e Dodô. Os dois laterais direitos têm problemas diferentes a dias da "decisão" contra os uruguaios. Se não vencer, o time sub-23 do Brasil pode depender da combinação de resultados na briga por uma vaga em Tóquio-2020.

Guga ficou fora de combate contra a Colômbia por conta de uma indisposição estomacal que gerou uma noite de vômitos. Por conta disso, ele ficou no banco de reservas e entrou na reta final. Na zona mista após a partida, ele afirmou que não se preocupa com suas condições de saúde e que estará à disposição.

Já Dodô se machucou ainda no primeiro tempo após uma pancada no tornozelo esquerdo e precisou sair com o auxílio de membros da comissão técnica. Não há, no entanto, lesão diagnosticada e ele depende da evolução para se colocar à disposição de Jardine.

O treinador considera que os dois têm um nível técnico bastante semelhante e que ambos têm capacidade para começar a partida como titular.
Para a estreia no quadrangular, Jardine promoveu três trocas no time titular. Além de Dodô, Bruno Fuchs e Iago ocuparam os espaços de Bambu e Caio Henrique, respectivamente. Ainda não é certo que eles continuarão entre os 11.

Recentemente, o departamento médico teve cuidados com Pedrinho, que sentiu dores na coxa esquerda, e cuidou de Reinier, que reclamou de algumas dores no joelho. Os dois não são mais problemas para o treinador.

Após o empate, o Brasil está empatado com a Colômbia na segunda colocação, com um ponto. A Argentina é líder, com três pontos, com o Uruguai na lanterna. Os dois primeiros conseguem a vaga olímpica.

Seleção Brasileira