PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras se motiva por Luxemburgo "com sede" para brigar por Paulistão

Igor Castro/Florida Cup
Imagem: Igor Castro/Florida Cup

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

21/01/2020 15h28

Classificação e Jogos

Paulistinha? Não para o Campeonato Paulista de 2020 para o atual Palmeiras de Vanderlei Luxemburgo. O clube alviverde tem como uma das prioridades deste primeiro semestre o título da competição estadual, ainda mais pelo discurso adotado pelo treinador e reproduzido pelo goleiro Weverton na tarde de hoje (21), um dia antes da estreia contra o Ituano, em Itu, marcada para as 19h15 (de Brasília).

Em entrevista concedida na Academia de Futebol, o goleiro campeão olímpico pelo Brasil em 2016 elogiou o início de trabalho do experiente treinador e ressaltou o discurso de como o Paulistão deste ano será importante para o Palmeiras, ainda mais pelo jejum na competição - desde 2008, o time alviverde não levanta o troféu.

"Ganhar o Paulistão é muito bom. Nunca entramos para não pensar em ganhar. Já faz um tempo que o Palmeiras ganhou e nos cobramos, pois é muito tempo sem ganhar o Paulista. Vamos procurar fazer isso", afirmou o goleiro.

"Luxemburgo é um treinador super vencedor, mas há um tempo não ganha um título de expressão. Mas ele sabe o valor que tem. Ele é um cara muito inteligente e vencedor, e tem sede, mesmo com a idade que tem. Isso contagia a gente", acrescentou Weverton.

Luxa tem destacado a importância do Paulistão como uma forma de motivação para toda a temporada. Começar bem e brigar pelo título até o fim, desta forma, serve também como ferramenta para o restante do ano. Vencer o Estadual também serve como preparação.

"Desde quando o Luxemburgo pisou aqui, ele disse que era importante ganhar este campeonato e largar o ano bem. Estamos nos preparando para isso, montando uma equipe competitiva para tentar buscar o Paulistão", assegurou, já afastando a pressão sobre o elenco.

"A pressão vai sempre existir, pois jogamos em uma grande equipe, ainda mais quando não ganha título como no ano passado. Jogamos com pressão por jogarmos em grande time, mas este tipo de pressão é boa; pior é quando briga contra o rebaixamento. Nós aqui brigaremos por títulos", encerrou o goleiro.

Palmeiras