PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras vence e é campeão da Florida Cup após derrota do Corinthians

Do UOL, em São Paulo

18/01/2020 17h55Atualizada em 13/02/2020 23h36

Classificação e Jogos

O Palmeiras sofreu, mas venceu de virada por 2 a 1 o New York City hoje, em Orlando (EUA), pela Florida Cup. Os americanos surpreenderam e saíram na frente no primeiro tempo, com falha de Ramires e gol de cabeça de De Rosario. O alviverde virou na segunda etapa, com Lucas Lima e Willian Bigode.

Com o resultado, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo foi a cinco pontos na Florida Cup, e acabou após o Corinthians perder para o Atlético Nacional, da Colômbia, também de virada. O arquirrival terminou com três pontos —e precisava do triunfo para levar o título. Os colombianos subiram para quatro pontos.

O melhor: Willian (Palmeiras)

O Bigode saiu do banco de reservas para ser o principal personagem da virada palmeirense. No lance do primeiro gol, atrapalhou o goleiro e foi importante para que o cruzamento desviado de Lucas Lima morresse dentro das redes. Depois, recebeu de Zé Rafael dentro da área para marcar o segundo e garantir a virada.

O pior: Felipe Melo (Palmeiras)

Em fase de adaptação para jogar como zagueiro, Felipe Melo teve dificuldades. Foi antecipado por De Rosario no gol do New York City na primeira etapa. Na segunda, sofreu um drible em uma descida perigosa dos americanos, tomou amarelo por reclamação e acertou Jasson com uma entrada dura, que poderia ter resultado no vermelho. Foi substituído na segunda etapa.

Bruno Henrique deixou o campo com dores em apenas quatro minutos

O Palmeiras perdeu Bruno Henrique logo aos quatro minutos de partida, quando o volante sinalizou para o banco de reservas pedindo substituição com dores na virilha. Ramires entrou em seu lugar, e acabaria falhando no gol do New York City. O alviverde, até o final da partida, ainda não havia divulgado informações sobre uma potencial lesão sofrida por Bruno.

Palmeiras teve volume de jogo, mas dificuldades para finalizar

Durante a maior parte da primeira etapa, principalmente nos primeiros 30 minutos, o Palmeiras teve volume de jogo e criou algumas chances. Gabriel Menino se movimentou bem em sua primeira partida como titular, e deu um belo passe para Dudu dentro da área, mas o camisa 7 parou no goleiro do New York City. Luiz Adriano também teve uma boa oportunidade. A partir dos 30 minutos, os americanos começaram a chegar com mais perigo no gol de Weverton.

Ramires é entortado, e Felipe Melo, antecipado

O New York City começou a ameaçar no final do segundo tempo, e chegou ao gol no último minuto. Jasson, que incomodou a defesa alviverde durante todo o tempo, entortou Ramires com um drible pelo lado direito do ataque e cruzou. De Rosario antecipou Felipe Melo, que fez sua segunda partida como zagueiro, e cabeceou para as redes.

Palmeiras tomou sufoco, mas empatou em lance de sorte

O Palmeiras começou a segunda etapa tomando sufoco, com o New York City indo bastante ao ataque. Em uma das primeiras descidas alviverdes, entretanto, o gol de empate veio em um lance que contou com a ajuda da sorte (e categoria) do jovem Gabriel Menino. O meio-campista encontrou Lucas Lima com um belo lançamento de três dedos. O meia cruzou, a bola desviou na defesa e acabou enganando o goleiro e morrendo dentro das redes.

Mesmo com jogo pegado, Luxa faz testes e troca time inteiro

Mesmo com o confronto equilibrado e o New York City jogando de igual para igual, Vanderlei Luxemburgo substituiu o time inteiro para fazer experiências na segunda etapa. O Palmeiras, que começou o jogo com Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gomez, Felipe Melo e Victor Luís; Bruno Henrique e Gabriel Menino; Raphael Veiga, Lucas Lima e Dudu; Luiz Adriano, terminou com Jailson; Mayke, Pedrão, Luan e Diogo Barbosa; Patrick de Paula, Zé Rafael, Alanzinho; Gabriel Veron, Wesley e Willian.

Reservas alviverdes buscam a virada

Foi com o time reserva que o Palmeiras chegou ao gol da virada. Em falha feia da defesa do New York City, Zé Rafael foi esperto, desarmou e encontrou Willian dentro da área. O Bigode ajeitou e finalizou sem nenhuma chance para o goleiro Barraza.

Palmeiras