PUBLICIDADE
Topo

Santos economizou quase R$ 1 mi com saída antecipada de G. Henrique ao Fla

Flamengo anuncia zagueiro Gustavo Henrique - Reprodução Twitter
Flamengo anuncia zagueiro Gustavo Henrique Imagem: Reprodução Twitter

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

09/01/2020 11h15

Resumo da notícia

  • Gustavo Henrique não renovou contrato com o Santos e acertou com o Flamengo
  • Zagueiro tinha vínculo com o Peixe até 31 de janeiro, mas o clube liberou o atleta de forma antecipada
  • Para isso, o defensor abriu mão do salário e outros valores de rescisão e premiações

A liberação antecipada do zagueiro Gustavo Henrique ao Flamengo fez o Santos economizar quase R$ 1 milhão. O defensor que acertou com os cariocas tinha vínculo com o Peixe até 31 de janeiro, mas não acertou a renovação e assinou com o rubro-negro.

O clube da Vila Belmiro só aceitou a liberação antecipada do jogador para o rival após o zagueiro aceitar abrir mão do salário de janeiro, verbas rescisórias e premiações que ainda tinha a receber. Gustavo Henrique não recebia direito de imagem, todo o salário do defensor era em carteira.

Formado pelo Santos, Gustavo Henrique acabou deixando o clube de graça após ficar chateado com a forma como o clube tratou sua renovação. Ele afirma não ter sido procurado até estar no final do vínculo e já perto de assinar um pré-contrato com outra equipe.

O salário oferecido pelo Flamengo é quase o dobro do valor que o Peixe pagava. Titular e vice-capitão do time em 2019, Gustavo teve seu nome ligado a clubes portugueses, mas acabou fechando com os cariocas.

Foram 222 jogos com a camisa do Santos e 13 gols marcados. Ele deixou o Peixe como 16º zagueiro que mais vestiu a camisa alvinegra, muito próximo de defensores que tiveram muito sucesso recente, como Durval (249 jogos) e Edu Dracena (230 jogos), dupla campeã da Libertadores em 2011.

Futebol