Topo

Palmeiras libera três atletas para cirurgias e volante para concluir saída

Gustavo Scarpa passará por cirurgia nas vias respiratórias - Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Gustavo Scarpa passará por cirurgia nas vias respiratórias Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

03/12/2019 18h35

Resumo da notícia

  • O Palmeiras aproveitou que briga apenas para ser vice no Brasileirão para antecipar o fim de ano de alguns atletas.
  • Vitor Hugo, Gustavo Scarpa e Hyoran foram liberados para passar por cirurgias
  • Thiago Santos não treinou para concluir a sua saída da Academia de Futebol para os Estados Unidos

O Palmeiras aproveitou que briga apenas para ser vice no Brasileirão para antecipar o fim de ano de alguns atletas. Vitor Hugo, Gustavo Scarpa e Hyoran foram liberados para passar por cirurgias.

O zagueiro será submetido a uma operação na região inguinal. Já os dois meias passarão por procedimentos nas vias respiratórias. A ideia é que os três antecipem os tratamentos para ficarem disponíveis antes da pré-temporada.

Já Thiago Santos não treinou para concluir a sua saída da Academia de Futebol. Como mostrou o UOL Esporte na sexta-feira (29), o volante tem sua venda encaminhada para o FC Dallas, dos Estados Unidos.

No treino de hoje, Andrey Lopes não deu pistas da equipe que vai entrar em campo na quinta-feira contra o Goiás. Além das quatro baixas, o treinador ainda não contará com Felipe Melo, com dores na panturrilha, Gustavo Gómez, com lesão na coxa, e Willian, que está suspenso.

Luiz Adriano, Zé Rafael e Raphael Veiga têm desgaste e são dúvidas. Eles podem nem ser relacionados para a viagem do time para Campinas. O treino de quarta-feira será fechado para a imprensa.

Gerente de futebol continua no cargo

Cícero Souza, gerente de futebol do Alviverde, continuará no cargo. Ele não tem contrato especial e é registrado em carteira, mas teve seu futuro colocado em dúvida após a demissão de Alexandre Mattos no último domingo.

Nesta terça-feira, inclusive, o dirigente esteve em campo para acompanhar aos trabalhos de sua equipe, assim como Zé Roberto, que também tem cargo na direção.

Palmeiras