Topo

Brasileirão - 2019


Brasileirão sem graça? Que nada! Veja o que está em jogo e probabilidades

Faltam apenas quatro rodadas para o fim do Brasileirão; Flamengo receberá a taça nesta quarta-feira (27) - Alessandra Torres/AGIF
Faltam apenas quatro rodadas para o fim do Brasileirão; Flamengo receberá a taça nesta quarta-feira (27) Imagem: Alessandra Torres/AGIF

Do UOL, em São Paulo

27/11/2019 04h00

O Flamengo foi campeão brasileiro no último domingo e vai receber a taça hoje (27), depois da partida contra o Ceará pela 35ª rodada, no Maracanã. Apesar de a competição já estar resolvida na busca pelo principal objetivo, ainda tem muita coisa em jogo nas quatro últimas partidas, como vagas na Libertadores (direto na fase de grupos ou nas fases preliminares), na Sul-Americana (hoje, até o 14º colocado da tabela) e a briga contra o rebaixamento (só o Avaí não tem mais salvação).

Confira abaixo, com apoio em levantamento da Escola de Matemática Aplicada da Fundação Getulio Vargas (FGV EMAp), o que está em jogo e as chances matemáticas de cada time nestas quatro rodadas finais.

DISPUTA PELA LIBERTADORES

Além do Flamengo, que é campeão brasileiro e também da Libertadores, o Athletico Paranaense já tinha conquistado vaga na edição de 2020 por causa do título da Copa do Brasil. Como o time do Sul do país está em quinto lugar, com 56 pontos, está aberto um G-8 no Campeonato Brasileiro: há quatro vagas diretas na fase de grupos e outras duas a partir da primeira fase, a chamada pré-Libertadores, que envolve duas disputas eliminatórias a partir de janeiro.

Palmeiras e Santos já garantiram classificação para a fase de grupos da Libertadores-2020 - Reprodução/Premiere
Palmeiras e Santos já garantiram classificação para a fase de grupos da Libertadores-2020
Imagem: Reprodução/Premiere

Santos (68) e Palmeiras (68), atuais segundo e terceiro colocados, já se garantiram na fase de grupos. O Grêmio (59), hoje em quarto, também está classificado para a Libertadores, mas ainda precisa pontuar para conseguir a vaga direta. Haveria, assim, apenas mais uma em disputa entre São Paulo (54), Internacional (51) e Corinthians (50). Ainda há mais quatro clubes com chances matemáticas de classificação à primeira fase.

Veja as probabilidades de obtenção de vaga na Libertadores:
São Paulo - 99,5%
Internacional - 97,1%
Corinthians - 92,4%
Bahia - 3,7%
Vasco - 3,4%
Goiás - 2,3%
Fortaleza - 1,3%

"Nosso modelo indica o São Paulo com chances superiores a 99,5% de classificação. Isso não significa que o time do Morumbi está classificado, mas que, considerando o desempenho de todos os clubes no páreo até aqui, e os próximos jogos que esses clubes terão, somente uma catástrofe faria o São Paulo não disputar pelo menos a pré-Libertadores", diz João Marcos, analista da FGM EMAp.

São Paulo do goleiro Tiago Volpi está próximo de garantir participação na Libertadores de 2020 - Sergio Moraes/Reuters
São Paulo do goleiro Tiago Volpi está próximo de garantir participação na Libertadores de 2020
Imagem: Sergio Moraes/Reuters

DISPUTA PELA SUL-AMERICANA

A segunda competição em importância do futebol sul-americano terá participação do nono ao 14º colocado do Campeonato Brasileiro de 2019 - apenas dois times, o 15º e o 16º da tabela final, ficarão no "limbo", sem cair nem garantir vaga na Copa Sul-Americana.

Veja as chances:
Bahia - 97%
Goiás - 89%
Vasco - 94%
Fortaleza - 87%
Atlético-MG - 74%
Botafogo - 22%
Ceará - 15%
Cruzeiro - 9%
Fluminense - 12%

BRIGA CONTRA O REBAIXAMENTO

Cruzeiro luta contra o primeiro rebaixamento de sua história - Heber Gomes/AGIF
Cruzeiro luta contra o primeiro rebaixamento de sua história
Imagem: Heber Gomes/AGIF

O Cruzeiro abre a zona de rebaixamento após 34 rodadas, com 36 pontos. CSA, com 29, e Chapecoense, com 28, são outros que ainda sonham com a salvação. Só o Avaí, com aproveitamento de 17,6% dos pontos, já carimbou a passagem para a Série B de 2020.

O estudo considera que os alagoanos têm 99,8% de probabilidade de serem rebaixados, enquanto os catarinenses já somam 99,9%. A disputa pela outra "vaga" entre Cruzeiro, Ceará, Fluminense e Botafogo deve ser acirrada. "Já não há mais chances factíveis de os clubes do Rio de Janeiro caírem juntos", diz o analista Flavio Fontanella.

Veja as probabilidades:
Atlético-MG - 0,8%
Botafogo - 4,9%
Fluminense - 10,7%
Ceará - 30,5%
Cruzeiro - 53%
CSA - 99,8%
Chapecoense - 99,9%
Avaí - rebaixado