Topo

Jesus: "Em Portugal, com dez pontos de diferença, diria que somos campeões"

Do UOL, no Rio de Janeiro

20/10/2019 21h13

A vitória por 2 a 0 sobre o Fluminense deixou o Flamengo ainda mais líder do Campeonato Brasileiro. É que o Palmeiras empatou com o Athletico-PR, e o Santos perdeu para o Atlético-MG, deixando o Rubro-Negro com dez pontos a mais em relação ao Alviverde. O técnico Jorge Jesus não escondeu que a vantagem é bastante considerável.

Por outro lado, tratou de dizer que o título ainda não está definido. Segundo o português, se essa diferença ocorresse no campeonato do seu país, o Flamengo seria campeão. Mas no Brasil ainda é preciso tomar cuidado.

"Se fosse em Portugal, com dez pontos de diferença, diria que somos campeões. Mas lá não há muitas equipes fortes para tirar pontos. Aqui há muitos times fortes, jogadores com muito talento, é muito mais difícil e, portanto, muito mais apaixonante", disse Jorge Jesus.

Sobre a partida, o treinador aprovou a atuação da equipe. Segundo ele, os jogadores até diminuíram o ritmo após fazer o segundo gol, na etapa complementar. O objetivo era descansar para o decisivo duelo com o Grêmio pela Libertadores.

"Fizemos um bom jogo, equipe muito segura com e sem a bola. Objetivo era vencer. Nos primeiros 45 minutos o placar deveria ser diferente, mas o futebol é assim. Depois do 2 a 0 a equipe segurou o resultado, pensou um pouquinho no jogo de quarta, com as mudanças que fiz", afirmou o treinador.

"Taticamente, os jogadores acreditaram desde o início na nossa forma de pensar o jogo. Hoje tivemos uma equipe mais levezinha, com vários jogadores que não enfrentaram o Fortaleza. Entraram mais frescos. Sufocamos o Fluminense nos primeiros 30 minutos", completou Jesus.

Flamengo