Topo

Futebol


Daniel Alves exalta Seleção Brasileira, mas pede pausa durante data Fifa

Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Do UOL, em São Paulo

21/09/2019 17h06

Na última sexta-feira (20), o técnico Tite anunciou a lista de 23 atletas que vestirão a camisa da seleção brasileira para os jogos diante de Senegal e Nigéria, sendo que entre eles está Daniel Alves, que desfalcará o São Paulo em duas partidas do Campeonato Brasileiro. Na opinião do meia/lateral, a CBF, entidade máxima do futebol nacional, deveria pensar melhor sobre o assunto e criar mudanças para que os clubes não saiam desfavorecidos ao longo da temporada.

"Com respeito às convocações que interferem um pouco no (Campeonato) Brasileiro, devemos tomar decisões que não sejam tão prejudiciais aos clubes, pois todos campeonatos param quando tem partidas de seleções, porque é uma data Fifa. Acredito que aqui no Brasil não deveria ser diferente. Essa é a evolução do Campeonato Brasileiro e do futebol brasileiro. Quando você se adapta à Seleção", afirmou Daniel Alves após a vitória diante do Botafogo.

O São Paulo conseguiu um importante resultado neste fim de semana, já que conseguiu, nos acréscimos, garantir os três pontos diante do clube carioca. O triunfo fora de casa dá novas energias para o time encara o returno do Brasileirão e quebra uma sequência negativa de quatro partidas sem vencer.

"A Seleção, para mim, é a representante maior do futebol nacional, então deve ser respeitada sempre. Mas os clubes também não podem ser prejudicados com convocação de jogadores. O Campeonato Brasileiro tem de parar", finalizou o lateral em conversa com os repórteres na zona mista.

O tricolor agora terá pela frente a equipe do Goiás, que não vive bom momento e precisa de pontos para evitar um contato maior com a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O jogo acontecerá na próxima quarta-feira, dia 25, no estádio do Morumbi, em confronto válido pela 21° rodada do principal torneio nacional.

Mais Futebol