Topo

Não era só a imprensa: Daniel Alves também mandou recado à comissão técnica

Daniel Alves durante jogo do São Paulo - Eduardo Carmim/Photo Premium/Agencia O Globo
Daniel Alves durante jogo do São Paulo Imagem: Eduardo Carmim/Photo Premium/Agencia O Globo

Arthur Sandes e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

17/09/2019 04h00

Após o São Paulo empatar com o CSA por 1 a 1, no último domingo (15), no Morumbi, Daniel Alves chamou a atenção com declarações fortes. Em redes sociais e programas esportivos, o debate ficou praticamente restrito à crítica à imprensa, que na visão do camisa 10 não vai saber o que é melhor para o time "porque nunca jogou futebol". No entanto, segundo apurou o UOL Esporte, o jogador também mandou recado para a comissão técnica e até mesmo para a torcida em sua fala, deixando transparecer a preferência de atuar como meia.

Em suas primeiras quatro partidas pelo São Paulo, o capitão da seleção brasileira havia atuado como meia. No jogo deste fim de semana, ele foi deslocado para a lateral direita e não teve participação de destaque. Nos dias anteriores à mudança, torcedores e imprensa questionaram o fato de Daniel Alves ter deixado sua posição de origem após ter construído a maior parte da carreira como defensor na Europa.

Atento ao noticiário e à repercussão entre os torcedores, o jogador espera que a comissão técnica e os integrantes do departamento de futebol do São Paulo não se influenciem com a opinião pública. Assim, pede firmeza e convicção nas decisões.

"Sei o quanto é difícil você construir coisas no futebol brasileiro, pelo fato de vocês (imprensa) estarem sempre para desestabilizar em qualquer situação. Então temos que ser calmos. A maioria da imprensa não jogou bola, então gera desconfortos. Se jogo na lateral, se jogo no meio. A gente tem que ser bastante consciente da situação que estamos e do futebol que estamos praticando", disse Daniel Alves, ainda na zona mista após o empate com o CSA, no domingo (15).

Ainda no atendimento à imprensa, o jogador insinuou que prefere atuar como meia ao dizer que participa pouco do jogo quanto atua como lateral. Durante sua trajetória no futebol europeu, o camisa 10 atuou mais adiantado na Juventus, por exemplo, e teve bom desempenho.

"Estamos aqui, volto a insistir, para construir juntos. Posso ajudar meus companheiros a serem muito melhores do que são. Ao contrário do que a maioria pensa, eu jogando de lateral fico muito tempo sem pegar na bola, e aí fica ainda mais difícil ajudar meus companheiros. A imprensa não vai saber (em que posição Daniel Alves rende mais) porque nunca jogou futebol",afirmou.

"Quero passar a mensagem que não podemos nos posicionar conforme o que a imprensa fala, temos que seguir nosso plano. A imprensa sempre está para gerar esse tipo de desconforto, e gerar debates. Eu estava lá fora (com a seleção), mas ouvi falando sobre Daniel Alves na lateral, Daniel Alves no meio", completou.

Vale destacar, por fim, que o badalado jogador não tem rusga com Cuca ou sua comissão técnica, segundo apurou a reportagem. A relação não ficou abalada, e a reapresentação do jogador, ontem (16), no CT da Barra Funda, transcorreu de maneira natural.

Neto a Dani Alves: Você não jogou 10% do que eu joguei

Band Esportes

Mais São Paulo