PUBLICIDADE
Topo

Jorge Jesus: "Treinador tem de ser criativo, assim como o jogador"

Jorge Jesus vibra durante jogo entre Internacional e Flamengo - Diego Vara/Reuters
Jorge Jesus vibra durante jogo entre Internacional e Flamengo Imagem: Diego Vara/Reuters

Do UOL, em São Paulo

13/09/2019 21h33

Jorge Jesus vem tendo bons resultados neste início de trabalho no Flamengo. O treinador comanda o líder do Campeonato Brasileiro e um dos semifinalistas da Libertadores. Para ele, o papel do técnico de futebol é parecido com o do jogador: precisa de criatividade.

"Intensidade não se mede, é característica de cada treinador. O treino de futebol não é uma ciência exata, cada treinador tem seus métodos. Sempre digo que o treinador tem de ser um criativo, assim como o jogador. Não basta ser bom taticamente. Para ser um grande treinador, tens de ir muito mais além do treino de campo", disse em entrevista à Revista Veja.

Antes do Flamengo, Jesus trabalhou em clubes como Benfica e Sporting e falou sobre a fama de "festeiro" dos atletas brasileiros na Europa. "É verdade, em Portugal havia essa imagem. Dizia-se que só podíamos ter até quatro brasileiros por time, se não virava uma escola de samba. Mas isso não é verdade e eu sou prova disso, pois já trabalhei com muitos brasileiros. E hoje posso falar pelo Flamengo: é um grupo fantástico, nunca tinha visto um grupo com tanta consciência profissional e uma paixão tão grande por treinar e trabalhar", contou.

Antes de fechar com o Flamengo, o treinador acompanhava o Campeonato Brasileiro de longe e analisou o nível técnico da competição agora trabalhando de perto.

"É bom, é bom. O brasileiro nasceu para jogar futebol. O campeonato é bem jogado, este ano está muito forte. Os primeiros cinco colocados disputariam qualquer liga europeia para lutar pelas primeiras posições. Não tenho dúvidas disso, porque conheço."

Flamengo