Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Como extracampo embalou Mateus Vital até sua melhor fase no Corinthians

Meia de 21 anos soma 95 partidas e quatro gols; ele vive a segunda temporada como jogador do clube - Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians
Meia de 21 anos soma 95 partidas e quatro gols; ele vive a segunda temporada como jogador do clube Imagem: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Gabriel Carneiro

Do UOL, em São Paulo

06/09/2019 19h00

Resumo da notícia

  • Meia de 21 anos terá importância maior contra o Ceará porque Pedrinho não joga
  • Ele tem se dedicado à preparação física e nutricional extras e se firmou como titular
  • Na vida pessoal, Vital se tornou pai nesta semana, um novo ânimo para seguir em alta

Mateus Vital precisou de quase cem jogos para se firmar como titular do Corinthians. Contratado no ano passado e usado em meio às oscilações de sua adaptação, ganhou espaço sem alarde e atualmente é um dos principais jogadores do time. Amanhã (7), às 11h, ele terá função ainda mais importante no time do técnico Fábio Carille: diante do desfalque de Pedrinho, na seleção brasileira olímpica, o camisa 22 será o maior responsável por partir para cima da marcação e tentar abrir espaços na defesa do Ceará.

O Corinthians é terceiro colocado do Campeonato Brasileiro, com cinco pontos a menos do que Flamengo e Santos. Está na briga. Na Copa Sul-Americana, aguarda as semifinais contra o Independiente del Valle, do Equador, em outra chance de disputar um título em 2019. Foi diante deste cenário de jogos decisivos e grande responsabilidade que Mateus Vital ganhou a titularidade de Sornoza e consolidou seu status no elenco. Além da paciência para esperar o momento, o jogador de 21 anos teve outros trunfos nesta briga por espaço, com elementos extracampo que o impulsionaram decisivamente.

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Mateus Vital nunca esteve tão bem condicionado fisicamente quanto agora. Além dos trabalhos no clube, ele realiza atividades com frequência fora do CT Joaquim Grava, com acompanhamento nutricional individualizado. Também está mais integrado ao restante do elenco, frequenta a casa de colegas de time, como Pedrinho, e deixou a timidez excessiva de lado. Todo esse bom momento fora de campo foi coroado com a paternidade nesta semana. Antonella, primeira filha do jogador com Stephany, nasceu na segunda-feira (2), no Rio de Janeiro.

É uma experiência maravilhosa, um sentimento que não tem explicação. Quando estava entrando para ver o parto fiquei mais ansioso do que em qualquer jogo.

Realizado do ponto de vista pessoal, o jovem jogador também ganhou moral no campo esportivo nos últimos dias. Monitorado desde o juvenil, Vital recebeu uma proposta de 8 milhões de euros da Roma. O Corinthians, que detém 85% de seus direitos econômicos, não só recusou os valores oferecidos, como fixou uma pedida bem superior, de 13 milhões de euros (cerca de R$ 60 milhões). Ele não deixa o clube por menos do que este valor porque hoje é um titular incontestável, com contrato longo (até dezembro de 2021) e sem críticas internas.

Mateus Vital tem dois gols e duas assistências na temporada. São números discretos para um jogador importante, mas sua capacidade de construção de jogadas é que ganhou a confiança de Carille. Ele é um jogador eficiente na transição ofensiva, buscando a bola na defesa para iniciar o ataque, além de ter velocidade na armação de jogadas, qualidade no passe e efetividade nos enfrentamentos um contra um.

Em alta no Corinthians, o papai de primeira viagem embarca logo depois do jogo contra o Ceará para o Rio de Janeiro, onde Stephany curte (e pena) os primeiros dias de Antonella. O plano é levar três pontos de presente da Arena Corinthians.

Mateus Vital sorri ao lado do garoto Janderson durante treino do Corinthians no CT Joaquim Grava - Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Mateus Vital sorri ao lado do garoto Janderson durante treino do Corinthians no CT Joaquim Grava
Imagem: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS x CEARÁ

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data/hora: 7 de setembro de 2019, sábado, às 11h (de Brasília)
Competição: Campeonato Brasileiro, 18ª rodada
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Rafael Trombeta (PR)
Árbitro de vídeo: Adriano Milczvski (PR)

CORINTHIANS: Cássio; Michel, Gil, Manoel e Danilo Avelar; Gabriel; Jadson, Júnior Urso, Mateus Vital e Clayson. Vagner Love. Técnico: Fábio Carille.

CEARÁ: Diogo Silva; Samuel Xavier, Tiago Alves, Valdo e João Lucas; Fabinho e Ricardinho; Thiago Galhardo, Mateus Gonçalves (Leandro Carvalho), Lima e Felippe Cardoso. Técnico: Enderson Moreira.