Topo

Felipão diz que Moisés teve família ameaçada e torce por acerto com Dourado

Pedro Chaves/AGIF
Imagem: Pedro Chaves/AGIF

Do UOL, em São Paulo

23/07/2019 23h54

Luiz Felipe Scolari falou pela primeira vez sobre as mudanças que sua equipe tem sofrido no mercado da bola. O treinador do Palmeiras afirmou, em coletiva de imprensa após o 2 a 2 com o Godoy Cruz, que Moisés deixou a equipe após ser ameaçado.

O meio-campista acertou com o Shandong Luneng por R$ 21 milhões e se despediu pouco depois de perder o pênalti nas quartas de final da Copa do Brasil, contra o Internacional.

"Eu trabalho com os jogadores que tenho e com aqueles que chegarem. O Moisés saiu e era um jogador que nós gostávamos muito. Depois do jogo que teve essa infelicidade do pênalti, que não foi só ele que perdeu, as ameaças que recebeu, esposa e tudo, acho que foi uma boa saída do Moisés. Vai para uma situação melhor, ficamos contentes", afirmou o treinador.

O comandante também confirmou que o Palmeiras negocia para a chegada de Henrique Dourado, como mostrou o UOL Esporte. Ele aprovou o nome do atacante e disse torcer por sua chegada.

"Não sei como ficou a situação do Henrique Dourado. Tomara que tenha acertado alguma coisa. Serão bem-vindos, bem tratados e integrados na equipe. Aí teremos mais situações para montar equipes diferentes", completou.

Palmeiras