Topo

Futebol


Jornal peruano supõe "conspiração" e "jogo sujo" de Brasil e Conmebol

Capa do jornal peruano Líbero estampa revolta com problemas durante treino - Reprodução
Capa do jornal peruano Líbero estampa revolta com problemas durante treino Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

06/07/2019 11h09

O jornal peruano "Líbero" dedicou 14 páginas de sua edição de hoje à final da Copa América, que será disputada entre a seleção do país e o Brasil amanhã, às 17h, no Maracanã. O desentendimento após um pedido de mudança de local de treino no Rio de Janeiro ganhou destaque na edição, que estampou o seguinte em sua manchete "Contra tudo: Conmebol e Brasil jogam feio. Além de um árbitro 'fuleiro', ontem a seleção teve dificuldades para treinar. A equipe não se abate e está pronta para brigar na Copa América."

Ontem, os peruanos reclamaram do tratamento recebido no CT do Fluminense: por conta de fortes chuvas na cidade, o treino marcado para 10h começou às 11h e a entrevista coletiva agendada para depois dos trabalhos não aconteceu porque haveria necessidade de dividir espaço com o time, que alegou não ter recebido pedido para uso da seleção. Além disso, houve reclamações de pessoas observando o treino - possivelmente jogadores da base do Flu. A Federação Peruana de Futebol (FPF), inclusive, marcou o treino de hoje para o estádio Nilton Santos, do Botafogo, em razão desta insatisfação.

"Conspiração? Neste momento, e com tudo o que está em jogo, não só o título, tudo é possível", diz o texto de uma das reportagens do "Líbero" a respeito dos acontecimentos: "A final começou a ser jogada desde ontem. A seleção não teve condições mínimas no campo do Fluminense e havia gente espiando. Gareca se revoltou e pediu cuidados extremos até na alimentação". A última frase do texto chamado "Jogamos uma guerra" é a seguinte: "Paranoia? Não, simplesmente prevenção diante do que está em jogo, que como já se disse não é só uma partida." Ainda houve reportagens questionando a escolha do árbitro de campo e do árbitro de vídeo escolhidos para a partida.

Outros conhecidos jornais peruanos, como "El Comercio" e "La Republica" trataram a final com mais amenidade. O primeiro dedicou a capa de seu suplemento esportivo ao técnico Ricardo Gareca usando como gancho o fato de hoje ser Dia dos Professores no país: "Ao 'profe', com carinho: Dia dos Professores. Lições de Ricardo Gareca e uma tarefa maior: a final da Copa América." Já "La Republica" depositou esperanças no capitão da seleção: "Paolo, a esperança de todo o Peru: Guerrero é o goleador da América com 13 gols e amanhã, contra o Brasil, jogará a partida mais importante de sua carreira."

Mais Futebol