Topo

Futebol


Flu tenta seduzir Walter com acordo longo, mas atrasos salariais complicam

Walter estuda cenários e saída do Corinthians é provável caminho mesmo ainda sem saber destino final - Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Walter estuda cenários e saída do Corinthians é provável caminho mesmo ainda sem saber destino final Imagem: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Arthur Sandes e Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro e em São Paulo

20/06/2019 04h00

Em crise com seus goleiros, o Fluminense quer Walter, do Corinthians, que procura um clube em que ele possa ter mais chances de atuar. O Tricolor é uma opção e tenta seduzir com um longo contrato de quatro anos. O problema na equação são os frequentes atrasos salariais ocorridos no clube carioca nos últimos anos.

Com medo de ficar sem receber, Walter está com um pé atrás em fechar imediatamente com o Fluminense. Uma conversa está agendada entre clube e estafe do goleiro e salários em dia serão uma exigência na negociação. É sabido que o Tricolor está sob nova direção, o que gera uma expectativa positiva, por outro lado.

Segundo apuração do UOL Esporte, o Fluminense não teria problema em arcar com o salário de Walter - na casa dos R$ 200 mil. Além disso, o clube entende a situação e espera desfazer a imagem de mau pagador a partir de agora. Ao mesmo tempo o Tricolor sabe que isso não ocorrerá de uma hora para outra.

No Corinthians, Walter é uma espécie de reserva de luxo. É bem quisto pela torcida, mas vive sob sombra de Cássio, que é titular absoluto. Nesta temporada o goleiro reserva atuou em cinco partidas, nas ocasiões em que o companheiro esteve lesionado, suspenso ou convocado à seleção brasileira.

Walter soma 71 jogos com a camisa corintiana e tem conseguido suprir bem a ausência de Cássio, destacando-se com atuações como a que teve recentemente contra o Cruzeiro, no Mineirão. No Corinthians desde 2013, ele viveu período como titular por oito partidas seguidas há cerca de um ano.

Mais Futebol