Topo

Com arrancada quase perfeita, Palmeiras já projeta superar meta de Felipão

Palmeiras está há 30 jogos sem perder no Campeonato Brasileiro - Matheus Sebenello/AGIF
Palmeiras está há 30 jogos sem perder no Campeonato Brasileiro Imagem: Matheus Sebenello/AGIF

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

06/06/2019 04h00

Luiz Felipe Scolari costuma trabalhar com metas em campeonatos de pontos corridos, tentando prever em quais jogos o time tem mais probabilidade de conseguir bons resultados e, assim, estabelecer objetivos de curto prazo para o elenco. Mas a arrancada impressionante do Palmeiras neste Brasileirão já faz com que o time almeje um número de pontos até a parada da Copa América que supera até mesmo a projeção inicial do chefe.

Felipão havia pensado inicialmente em um número de 22 ou 23 pontos conquistados dos 27 que estariam em disputa até a pausa do campeonato. Mas levando em consideração os três pontos provisoriamente suspensos pela CBF por causa do pedido de impugnação do jogo contra o Botafogo, o Palmeiras já soma 19. Com dois jogos em casa para fazer até a parada, bater a meta é uma possibilidade real.

Os dois próximos adversários serão o Athletico-PR, neste sábado (8), e o Avaí, na outra quinta-feira (13), ambos no Allianz Parque. Com uma invencibilidade que já dura incríveis 30 rodadas no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras chega mais embalado do que nunca para conquistar esses seis pontos. O lateral Marcos Rocha afirmou que a importância de ter uma arrancada como essa é criar "gordura" para o caso de a equipe ter uma queda de rendimento mais adiante.

"A gente sabe que o campeonato é longo e algumas equipes oscilam bastante. A gente está aproveitando esse momento bom para fazer o maior número de pontos possível, porque no momento em que a gente oscilar, a gente tem essa margem. Não para poder encostar nela, mas para trabalhar e dar sequência dentro do campeonato", disse o jogador.

Além disso, o Palmeiras trabalha com a premissa de que os pontos retirados do jogo contra o Botafogo serão devolvidos após o julgamento no STJD, que deve acontecer na semana que vem. A cúpula do clube considera quase impossível que o jogo seja realmente anulado, e Felipão tem trabalhado o psicológico do elenco para esquecer que a vitória sobre os alvinegros, por enquanto, não vale.

O único tropeço palmeirense até aqui no Brasileiro foi o empate por 1 a 1 com o CSA na segunda rodada, com uma equipe totalmente reserva. Caso consiga manter a invencibilidade contra Athletico e Avaí nas duas próximas partidas, o Verdão chegará a 32 jogos sem perder. A marca já é a terceira maior da história do campeonato, atrás apenas do Santa Cruz (35 jogos invicto entre 1977 e 1978) e do Botafogo (42 jogos invicto, também entre 1977 e 1978).