Topo

Sol de América já teve ídolo do Botafogo, 'gringo errado' e camisa do 'GOT'

Confrontos da segunda fase da Copa Sul-Americana estão definidos - Reprodução / site Conmebol
Confrontos da segunda fase da Copa Sul-Americana estão definidos Imagem: Reprodução / site Conmebol

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

14/05/2019 10h14

O sorteio da segunda fase da Copa Sul-Americana, que aconteceu na noite de ontem (13), colocou no caminho do Botafogo o Sol de América, clube do Paraguai que não é muito familiar aos brasileiros. Em comum na história dos clubes, dois nomes: Loco Abreu e Pablo Zeballos. O primeiro, considerado ídolo no Glorioso, teve rápida passagem pelo Sol de América em 2016, enquanto o segundo, iniciou a carreira profissional no clube paraguaio e esteve em General Severiano em 2014.

Esta será a primeira vez que Botafogo e Sol de América vão se enfrentar na história. As datas previstas para os jogos de ida são de 21 a 23 de maio, enquanto, para os de volta, 28 a 30 de maio.

O Sol de América, fundado em 1909, disputa a Primeira Divisão do Paraguai e, atualmente, está na sétima colocação, com 26 pontos - o líder do campeonato é o Olimpia, com 50.

A equipe, que chegou à elite em 1910 e é um dos clubes que mais participou da competição, já levantou a taça do nacional em duas oportunidades: 1986 e 1991. Além disso, foi campeão do Torneio da República em 1989. O Sol de América tem também três títulos da Segunda Divisão, tendo vencido em 1965, 1977 e 2006.

Entre Libertadores e Sul-Americana, o clube soma dez participações, sendo seis na primeira e quatro na segunda. Os paraguaios estiveram na Libertadores em 1979, 1980, 1982, 1987, 1989 e 1992, tendo a melhor campanha em 1989, quando chegaram às quartas de final, sendo eliminados pelo Olimpia, também do Paraguai. Já na Sul-Americana, estão no quarto ano consecutivo (2016, 2017, 2018 e 2019), tendo chegado às oitavas em 2016, dando adeus após confronto com o Atlético Nacional, da Colômbia.

Jogadores conhecidos dos brasileiros

Alguns jogadores que são lembrados com carinho pelos torcedores do Sol de América são conhecidos dos brasileiros. O atacante Zeballos, por exemplo, deu os primeiros passos no clube paraguaio e, em 2014, esteve o próprio Botafogo. Outro nome em comum entre os próximos adversários é o de Loco Abreu, que defendeu o Sol de América em 2016 e marcou época no Glorioso, onde atuou entre 2010 e 2012, sendo campeão do Carioca de 2010 e caindo nas graças da torcida. Ele, inclusive, está retratado em uma parede com imagens de ídolos, localizada em frente à sede do Alvinegro, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Além deles, o Sol de América também teve a cria da base José Ortigoza, que tem no currículo passagens pelo Palmeiras, Cruzeiro, Náutico e Paraná, e Edgar Baez, que esteve no Santos entre 1996 e 1997 - defendeu os paraguaios entre 2002 e 2004.

A história de Baez no Peixe, inclusive, tem uma curiosidade. À época, o time da Vila Belmiro era comandado por Vanderlei Luxemburgo, hoje no Vasco, que pediu a contratação do atacante Baez, mas não do Edgar, e sim de Richart, que era destaque do Olimpia, mas quando a confusão foi compreendida, já era tarde. Na Copa do Brasil de 1997, ele acabou fazendo o gol da vitória no jogo de ida contra o Figueirense, pelas oitavas, sendo providencial na classificação.

Elogios ao trabalho de Barroca

Durante a cerimônia que definiu os confrontos da segunda fase da Sul-Americana, Nelson Mufarrej, presidente do Botafogo, elogiou o trabalho que o técnico Eduardo Barroca vem realizando à frente do time alvinegro.

- Estamos muito satisfeitos com o trabalho liderado pelo Eduardo Barroca e confiantes de que, com apoio da torcida, podemos avançar. A preparação para enfrentar o Sol de América já começou - disse.

Campanha atual

O Botafogo chegou à segunda fase depois de eliminar o Defensa y Justicia, da Argentina, com duas vitórias: 1 a 0 no Nilton Santos e 3 a 0 fora de casa. Já o Sol de América bateu o Mineros de Guayana, da Venezuela, nos pênaltis. Fora de casa, derrota por 1 a 0, e, nos domínios, triunfo pelo mesmo placar, vencendo por 4 a 3 nas penalidades.

Camisa inspirada em série

O Sol de América teve, nesta temporada, um uniforme inspirado na série Game of Thrones, dos canais HBO. Em abril, a fornecedora de material esportivo Kyrios Sport fez camisas que faziam menção à produção, que é febre mundial. Além do adversário do Botafogo, o River Plate e o Nacional, ambos do Paraguai, também utilizaram a peça.