PUBLICIDADE
Topo

Messi diz que teve "sorte" ao acertar golaço de falta contra o Liverpool

Susana Vera/Reuters
Imagem: Susana Vera/Reuters

Do UOL, em São Paulo

01/05/2019 18h22

Lionel Messi fez um golaço de falta hoje (1) e levou o Camp Nou à loucura na expressiva vitória do Barcelona por 3 a 0 sobre o Liverpool, no jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões, mas descreveu como questão de "sorte" o chute com efeito que acertou o ângulo defendido por Alisson.

"Tive a sorte de acertar um chute espetacular e estou muito feliz", comemorou em conversa com a imprensa após a partida, ainda no gramado do Camp Nou. "Estamos em um momento muito feliz, pedi para a torcida seguir junto. Vamos olhar para a frente, partida por partida", completou.

Curiosamente, o primeiro gol do craque, feito antes deste, teve mesmo um toque de "sorte". No lance em questão, Suárez tocou com a coxa e carimbou o travessão; no rebote, a bola sobrou cuidadosamente para Messi, que só teve o trabalho de empurrar para a rede.

Por outro lado, faltou precisão a Dembélé na última chance do Barcelona, na qual o francês foi muito bem servido por Messi e chutou em cima de Alisson. "A gente teve chances claríssimas, principalmente a última, mas o terceiro gol ajudou bastante", admitiu o argentino.

"A gente foi superior no primeiro tempo. No segundo, eles (Liverpool) apertaram a gente e tiveram muitas chances. Sabíamos que eles sairiam em busca do gol, então conseguimos suportar a pressão e temos uma vantagem muito boa agora", encerrou Messi.

Liverpool e Barcelona voltam a se enfrentar pela semifinal da Liga dos Campeões na terça que vem, dia 7 de maio, em Anfield Road. Os ingleses terão de reverter a vantagem dos espanhóis, assim como o Tottenham buscará no dia seguinte, em Amsterdã, a virada contra o Ajax.

Os vencedores dos dois confrontos se enfrentarão na grande final do torneio em 1º de junho, em Madri.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi publicado na primeira versão deste texto, o jogo de volta entre Ajax e Tottenham será disputado em Amsterdã, e não em Londres. A informação foi corrigida

Esporte