PUBLICIDADE
Topo

Com vaga da Champions já garantida, Real Madrid perde para o Rayo Vallecano

Embarba deixou Courtois sem chances e marcou o gol do Rayo Vallecano - Javier Barbancho/Reuters
Embarba deixou Courtois sem chances e marcou o gol do Rayo Vallecano Imagem: Javier Barbancho/Reuters

Do UOL, em São Paulo

28/04/2019 17h41

Com a ambição apenas de terminar esta edição do Espanhol com a segunda colocação, o Real Madrid jogou em clima de amistoso e saiu derrotado por 1 a 0 pelo Rayo Vallecano, agora vice-lanterna do Campeonato. O time de Zinedine Zidane já entrou em campo com a vaga assegurada na Liga dos Campeões, graças às derrotas de Getafe e Sevilla, quarto e quinto lugar da tabela respectivamente.

O Getafe perdeu para o Real Sociedad por 2 a 1 e o Sevilla saiu derrotado para o Girona por 1 a 0. Com isso, ambos estacionaram nos 55 pontos e já não possuem mais chances de passar o Real Madrid, terceiro colocado com 65 pontos, nos três últimos jogos do Campeonato.

A vitória foi bem importante para o Rayo Vallecano, que deixou a lanterna e ainda sonha em ficar na primeira divisão da Espanha. Ao time merengue, sobrou a difícil missão de tentar tirar o segundo lugar do Atlético de Madrid, que hoje soma 74 pontos, contra 65 dos comandados de Zidane.

Melhor em campo: Courtois

Ao contrário do Real Madrid, que está apenas cumprindo tabela no Campeonato, o Rayo Vallecano precisou ser mais agressivo para lutar contra o rebaixamento. E só não saiu de campo com um placar mais vantajoso por conta da boa atuação do goleiro belga. Courtois sofreu o gol de pênalti, mas fez boas defesas, principalmente no segundo tempo.

Pior em campo: Modric

O atual melhor jogador do mundo teve uma atuação tão apática quanto a do resto do time. Pouco participativo, foi amarelado aos 27 do primeiro tempo após tocar com a mão no rosto de Alex Moreno. Aos 28 do segundo tempo, foi substituído para a entrada de Isco.

VAR em ação

Aos 21 minutos, Guerra teve sua camisa puxada na área por Vallejo. O árbitro ignorou a reclamação de pênalti e optou por seguir o lance, que resultou num contra-ataque rápido do Real Madrid. Somente após Alberto Garcia defender o chute de Bale que González Fuertes decidiu consultar o VAR para amarelar Vallejo e marcar a penalidade. Embarba chutou no canto direito e marcou o único gol do Rayo Vallecano.

Gol anulado

O pênalti não foi a única vez que o VAR foi consultado na partida. O juiz também contou com a ajuda do recurso para anular o gol de cobertura feito por Mariano, que recebeu a bola de Bale em posição de impedimento.

Pressão madrilenha

O time do Rayo Vallecano foi valente para conseguir impedir que o Real Madrid tivesse sucesso em suas idas ao ataque. Toni Kroos chegou a ter uma chance numa de cobrança de falta aos 44 minutos da segunda etapa, mas a zaga do Rayo conseguiu desviar. O árbitro decidiu que o jogo teria seis minutos de acréscimo, mas, ainda assim, o Real Madrid não conseguiu chegar ao empate.

Fim melancólico

Caso consiga vencer todos os próximos três jogos, o Real Madrid terminará esta edição do Campeonato Espanhol com 74 pontos. Porém, até mesmo esse desempenho não evita que o Real Madrid fique com a sua pior pontuação desde a temporada 2005/2006, quando terminaram a temporada da La Liga com 70 pontos. Com a derrota de hoje, o Real Madrid fica com um retrospecto de apenas duas vitórias em cinco jogos.

Ficha técnica
Rayo Vallecano 1 x 0 Real Madrid

Data: 28/04/2019
Local: Estádio de Vallecas, Madri (ESP)
Hora: 15h45 (de Brasília)

Gol: Embarba, do Rayo Vallecano, aos 23 minutos do primero tempo.

Rayo Vallecano: Alberto Garcia; Tito, Ba, Gálvez e Alex Moreno; Agbo, Mario Suarez (Medrán) e Pozo (Trejo); Embarba, Guerra e Bebé (Alvaro Garcia). Treinador: Paco Jémez.
Real Madrid: Courtois; Carvajal, Varane, Vallejo e Marcelo; Llorente, Modric (Isco) e Kroos; Bale, Mariano Diaz (Lucas Vázquez) e Ceballos (Brahim Díaz). Treinador: Zinedine Zidane.

Esporte