Topo

Carioca - 2019


Fla marca aos 48, vence Vasco nos pênaltis e conquista a Taça Rio

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, no Rio de Janeiro

31/03/2019 18h13

Mesmo atuando com reservas e sem o técnico Abel Braga, que se recupera de uma arritmia, o Flamengo venceu o Vasco nos pênaltis por 3 a 1 - após empatar o jogo aos 48 minutos do segundo tempo com Arrascaeta -, hoje, no Maracanã e conquistou a Taça Rio. O gol do Vasco no período regular foi marcado por Tiago Reis.

Com o resultado, os duelos das semifinais do Campeonato Carioca serão os mesmos que aconteceram na Taça Rio, com o Flamengo enfrentando o Fluminense no sábado (6), e o Vasco pegando o Bangu no domingo (7). O Rubro-Negro e o Cruzmaltino jogam com a vantagem do empate.

Vasco bate mal e César brilha

Na disputa de pênaltis, o Vasco chamou a atenção pelas cobranças mal executadas. Rossi e Werley chutaram para fora e Tiago Reis teve um chute defendido pelo goleiro César. Somente o lateral direito Rodinei perdeu pelo Flamengo.

Tempos distintos

O jogo teve um contraste entre os tempos. No primeiro, sonolento, sem muitas chances de gol e muito truncado, o Flamengo foi um pouco melhor. Na etapa final, os times se expuseram mais, e o duelo ganhou em emoção, com oportunidades em ambos os lados.

Que isso, Lucas Mineiro?!

Aos 20 minutos do primeiro tempo, o volante Lucas Mineiro proporcionou um lance bizarro cabeceando a bola deitado de bruços no gramado do Maracanã.

Foi pênalti?

Ainda no início do jogo, Marrony invadiu a área e caiu pedindo pênalti. O árbitro não deu, e o zagueiro Thuler e o atacante se estranharam.

Que categoria, César!

O goleiro César demonstrou categoria e frieza ao dar um belo drible em Bruno César após uma recuada de bola.

Thuler assusta

Aos 30, após escanteio da direita, o zagueiro Thuler subiu mais alto que a zaga vascaíno e cabeceou com perigo, arrancando um "uhhh!" da torcida rubro-negra.

Fernando Miguel salva

Aos 47, Arrascaeta fez um belo lançamento para Vitinho, que chutou cruzado, com perigo, para grande defesa de Fernando Miguel.

Gol dele de novo!

Aos 9 minutos do segundo tempo, a estrela do jovem Tiago Reis brilhou de novo. Após escanteio da esquerda, o atacante subiu mais alto que a zaga do Flamengo e raspou de cabeça. César somente olhou a bola entrando no fundo da rede. Foi o quarto gol do jogador em quatro jogos como titular. Deixa o menino jogar!

Arrascaeta empata aos 48

Quando a torcida do Vasco já comemorava a vitória, o Flamengo foi ao ataque e, após cruzamento da direita, Arrascaeta subiu sozinho, tocou de cabeça e empatou a partida aos 48 minutos do segundo tempo.

O melhor - Tiago Reis

Thiago Ribeiro/AGIF
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

O jovem atacante manteve sua boa fase e, mesmo não sendo tão participativo, mostrou mais uma vez ser um artilheiro nato.

O pior - Bruno César

Responsável por organizar as jogadas do Vasco, Bruno César não estava em uma tarde inspirada, sendo muito lento e perdendo bolas.

Valentim se beneficia da bola parada

Um dos pontos fortes do Vasco, a bola parada novamente foi decisiva hoje. O time tem feito muitos gols na temporada por meio deste fundamento, fruto do trabalho do técnico Alberto Valentim.

Leomir aposta em jovens da base

Interino do Flamengo, Leomir de Souza apostou na garotada da base tanto no time titular quanto nas substituições. Eles oscilaram ao longo da partida.

Castan e Bruno Silva se lesionam no primeiro tempo

O zagueiro Leandro Castan, com um problema muscular na coxa esquerda, e o volante Bruno Silva, com uma concussão, precisaram ser substituídos ainda no primeiro tempo no Vasco.

Maxi Lopez fora

O atacante Maxi Lopez não conseguiu se recuperar de sua lombalgia e novamente desfalcou o Vasco hoje. O argentino, porém, fez questão de marcar presença no Maracanã.

Fla com reservas

O Flamengo entrou em campo com um time formado por reservas e sem Abel Braga à beira do campo. O treinador sofreu uma arritmia na semifinal contra o Fluminense, precisou passar por uma intervenção cirúrgica e está em repouso. O auxiliar Leomir de Souza comandou a equipe.

VAR muda de lado

Para evitar pressão e reclamações dos técnicos, o monitor do VAR mudou de setor e foi para o lado oposto ao dos bancos de reservas.

Política na arquibancada

A torcida do Vasco estendeu uma faixa na arquibancada do Maracanã com a frase: "Ditadura nunca mais".

Veja como foi a chegada do Vasco ao Maracanã

Veja como foi a chegada do Flamengo ao Maracanã

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 (1) X (3) 1 FLAMENGO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá
Auxiliares: Michael Correia e Silbert Faria Sisquim
Cartões amarelos: Werley, Bruno César, Lucas Mineiro (VAS); Trauco, Vinicius (FLA)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Tiago Reis, aos 9 minutos do segundo tempo (VAS); Arrascaeta, aos 48 minutos do segundo tempo (FLA)

Vasco
Fernando Miguel, Raul Cáceres, Leandro Castan (Ricardo Graça), Werley e Danilo Barcelos; Bruno Silva (Raul) e Lucas Mineiro; Rossi, Bruno César (Thiago Galhardo) e Marrony; Tiago Reis
Técnico: Alberto Valentim

Flamengo
César; Rodinei, Rhodolfo, Thuler (Bill) e Trauco; Ronaldo (Vinicius) e Hugo Moura; Arrascaeta, Vitinho e Lucas Silva (Vitor Gabriel); Uribe
Técnico: Leomir de Souza (interino)