Topo

Futebol


Herói do Bangu chora e dedica gol a esposa que morreu no fim do ano

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, no Rio de Janeiro

23/03/2019 21h23

Marcos Júnior viveu seu dia de herói neste sábado ao marcar o gol da vitória sobre o Vasco, em São Januário. Na comemoração, o atacante beijou uma camisa que tinha uma mulher vestida com a camisa do Bangu. Após o jogo ele explicou a homenagem.

"Eu perdi minha esposa no fim do ano, não tenho nem palavras [chora]. Eu andei fora do caminho certo... Difícil, cara. É... Acredito que as pessoas têm um propósito na vida e o dela foi me colocar no caminho certo. Se não fosse ela talvez nem estivesse aqui. Ela estava comigo antes até de eu chegar ao Bangu. É para ela", disse Marcos Júnior visivelmente emocionado.

Em seguida, o atacante comemorou a fase atual vivida pelo Bangu, que passou por dificuldades na Taça Guanabara. Marcos Júnior diz que a desconfiança vinha da própria torcida e agora vive o outro lado da moeda.

"As pessoas estavam me cobrando pois vinha jogando bem, mas não estava saindo o gol. Muitos não acreditavam na gente, nem mesmo nossa torcida. Mas conseguimos fazer uma grande campanha no segundo turno", disse o atacante.

O Bangu está classificado para a semifinal da Taça Rio - ainda não sabe qual será seu adversário. Além disso, o time tem boas condições de avançar também para a semifinal geral, que será decidia no complemento da última rodada, no domingo.

Futebol