Topo

G. Henrique aprova atitude de Sampaoli sobre salários:"Tem que pagar todos"

Gustavo Henrique, do Santos, concede entrevista coletiva no CT Rei Pelé - UOL
Gustavo Henrique, do Santos, concede entrevista coletiva no CT Rei Pelé Imagem: UOL

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

19/03/2019 11h49

O zagueiro Gustavo Henrique aprovou a atitude do técnico Jorge Sampaoli de se oferecer para devolver os salários recebidos enquanto o Santos não pagar todos os atletas.

O defensor foi mais um a minimizar o atraso de salários, mas deixou claro que não acha justo que os jogadores não recebam enquanto a comissão técnica tem os pagamentos em dia.

"Eu não concordo com isso, todos aqui são funcionários. Não é o treinador que tem que receber, é o grupo inteiro. Ele se preocupa, quer salários em dia, quer receber também. É nosso direito. Se pagar um, tem que pagar todo mundo. Todos estão no mesmo barco, com mesma vontade e objetivo. Acho legal a atitude dele, eles sabem que são os jogadores que correm e precisam nos motivar. Não é nem uma motivação, não é isso que nos fará correr, é título, vestir a camisa... Santos sempre pagou em dia, vez ou outra vai acontecer e temos que estar preparados para isso", disse em entrevista coletiva hoje.

O Peixe já tem metade do valor para quitar os salários em caixa, mas só irá efetuar o pagamento quando tiver a totalidade do montante - que sem contar com direitos de imagem fica entre 4 e 5 milhões de reais.

Santos