PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Régis, ex-São Paulo, é solto e pode ser indiciado por embriaguez

Lateral direito Régis, ainda pelo CSA, carrega a bola durante jogo contra o Jaciobá - Morgana Oliveira/RCortez/CSA
Lateral direito Régis, ainda pelo CSA, carrega a bola durante jogo contra o Jaciobá Imagem: Morgana Oliveira/RCortez/CSA

Patrick Mesquita

Do UOL, em São Paulo (SP)

13/03/2019 19h00

O lateral Régis, ex-São Paulo, CSA e atualmente no São Bento, acabou liberado no meio da tarde de hoje (13), horas após ser detido por porte de drogas na cidade de Sorocaba, interior paulista. O jogador foi abordado em um posto de gasolina com três porções do que a polícia acredita ser cocaína.

De acordo com informações confirmadas pelo delegado Pedro Luiz Dalboni, do Plantão Norte da cidade, Régis assinou um termo cirunstanciado de ocorrência por volta das 15h (de Brasília) e se comprometeu a comparecer ao fórum quando for intimado pelas autoridades.

Um Boletim de Ocorrência foi registrado também para detectar o nível dos traços de embriaguez e uso de drogas. O próprio lateral admitiu ter consumido entorpecentes antes de ser detido pelos policiais.

O jogador ainda vai passar pelo 8º Distrito Policial da cidade de Sorocaba, a fim de realizar novos exames. Ele pode ser indiciado, caso tenha traços alcoólicos altos na prova a ser feita nas próximas horas.

O lateral atualmente defende o São Bento. Ele assinou com o clube paulista após ser dispensado pelo CSA, no fim de fevereiro, depois de arrumar uma confusão em um motel de Maceió. Em entrevista recente ao programa "Esporte Fantástico", da Record, ele falou sobre os problemas que enfrenta com álcool e drogas.

"Foi há 3 anos (que começou a se envolver com substâncias ilícitas), no momento que eu tinha saído do Red Bull e não tinha mais competições. Nesse momento, acabei andando com algumas amizades que a gente sabe que influencia e acabei cedendo. Se eu soubesse que ia causar tudo isso, eu nunca tinha experimentado", afirmou o atleta que passou pelo São Paulo no ano passado.

Relembre chapéu seguido de caneta de Régis no São Paulo

Gols UOL Esporte

Futebol