PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Torcedor é condenado a 14 semanas de prisão após agredir jogador rival

Torcedor invade gramado e agride Grealish no clássico de Birmingham  - CARL RECINE/Action Images via Reuters
Torcedor invade gramado e agride Grealish no clássico de Birmingham Imagem: CARL RECINE/Action Images via Reuters

Do UOL, em São Paulo

11/03/2019 13h59

O torcedor do Birmingham que agrediu o meio-campista Jack Grealish, do Aston Villa, durante o clássico de ontem entre as equipes, válido pela segunda divisão da Inglaterra, foi condenado a 14 semanas de prisão. 

Paul Mitchell, de 27 anos, foi detido e denunciado após invadir o campo do Estádio St. Andrews e desferir um soco pelas costas em Jack Grealish. Seguranças imediatamente imobilizaram e retiraram o torcedor do local, que saiu mandando beijos para a torcida.

Além da pena, Paul Mitchell terá que arcar com 350 libras (cerca de 1,7 mil) de custas processuais e ficará banido por 10 anos dos estádios ingleses. O Birmingham já havia anunciado que tinha banido o torcedor para sempre das partidas do clube.

Apesar de ter sofrido a agressão, Grealish continuou em campo e marcou o gol da vitória do Aston Villa no jogo. Com a vitória, o time superou o rival na tabela, subindo para nona posição, com 51 pontos, e deixando o Birmingham em 11º lugar, com 50 pontos.
 

Esporte