PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Hazard marca nos acréscimos e evita derrota do Chelsea para o Wolverhampton

Hazard marca gol nos acréscimos e evita derrota do Chelsea no Stamford Bridge - DAVID KLEIN/REUTERS
Hazard marca gol nos acréscimos e evita derrota do Chelsea no Stamford Bridge Imagem: DAVID KLEIN/REUTERS

Do UOL, em São Paulo (SP)

10/03/2019 13h07

Hazard conseguiu evitar uma derrota em casa no dia do aniversário do Chelsea. Hoje, dia em que o clube completa 114 anos de sua fundação, os anfitriões iam perdendo para o Wolverhampton até os 47 minutos do segundo tempo em Stamford Bridge. Foi quando o belga balançou as redes e garantiu o empate em 1 a 1 na 30ª rodada do Campeonato Inglês. O gol do Wolves foi marcado por Raúl Jimenez.

Diante de ídolos históricos do clube, que foram prestigiar clube no seu aniversário, o Chelsea chegou a ter 77% de posse de bola no primeiro tempo, mas não conseguiu converter o domínio em gols e levou pouco perigo ao gol de Rui Patrício. Foi só depois de sofrer um gol de contra-ataque, aos 11 minutos da segunda etapa, que os donos da casa ficaram mais ligados no jogo.

Higuaín, Pedro e Ruben Loftus-Check tiveram as melhores chances de empatar, mas Rui Patrício fez três grandes defesas para assegurar o triunfo. Willian, que entrou apenas nos 20 minutos finais, também teve seu momento e parou no goleiro.

Tudo parecia perdido até que Hazard, nos acréscimos, soltou uma bomba de fora da área. O goleiro, tão bem ao longo de toda a partida, nada pode fazer.

O resultado é importante para o Chelsea seguir vivo na briga por uma vaga na Liga dos Campeões. O time está em sexto lugar com 57 pontos, mesmo número do Arsenal, em quinto, e um a menos que o Manchester United, em quarto, que duelam entre si no fechamento desta rodada. O Chelsea, contudo, tem um jogo a menos que os adversários. Já o Wolves aparece em sétimo lugar, com 44 pontos. 

O próximo compromisso do Chelsea no Inglês será contra o Everton, no próximo domingo. O Wolves enfrentará o Arsenal. 

Apesar de ter deixado os três pontos escaparem no fim, o Wolves segue em alta na Inglaterra e é cada vez mais visto como um time capaz de incomodar os "grandes", como fez ao eliminar o Liverpool na Copa da Inglaterra em janeiro. 

Esporte