Topo

Esporte


Uefa abre investigação contra o Manchester City por fair play financeiro

Etihad Stadium, estádio do Manchester City - REUTERS/Jon Super
Etihad Stadium, estádio do Manchester City Imagem: REUTERS/Jon Super

Do UOL, em São Paulo

07/03/2019 16h12

A Uefa anunciou ter aberto oficialmente uma investigação contra o Manchester City por violação nas regras do fair play financeiro. De acordo com a entidade, o processo se concentrará nas acusações que foram noticiadas recentemente.

As principais acusações partiram do jornal alemão "Der Spiegel", que teve acesso a documentos vazados envolvendo o Manchester City. Uma das suspeitas faz referência a um pagamento de 200 mil libras ao agente de Jadon Sancho, atualmente no Borussia Dortmund, quando o atleta tinha apenas 14 anos.

Além disso, o "Der Spiegel" afirmou que o Manchester City e seus patrocinadores manipularam contratos para ofuscar um déficit de 9,9 milhões de libras em 2013 e burlar as regras do fair play financeiro.

Em nota oficial, o Manchester City diz ter recebido a abertura formal da investigação da Uefa como "uma oportunidade para colocar fim às especulações resultantes de hackeamento e divulgações fora de contexto de e-mails do City".

"As acusações de irregularidade financeira são totalmente falsas. As contas do clube são publicadas integralmente e dentro das regras".

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi publicado, o clube que emitiu nota oficial foi o Manchester City, e não o Manchester United.
ESPN, Ei PLus e Fox Sports

Assista aos jogos e programas de ESPN, EI Plus e Fox Sports sem TV a cabo.

Mais Esporte