Topo

Esporte


VAR confirma pênalti, e Porto vence Roma no fim da prorrogação

Diego Perotti, do Roma, em lance com Tiquinho Soares, do Porto, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões - MIGUEL RIOPA / AFP
Diego Perotti, do Roma, em lance com Tiquinho Soares, do Porto, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões Imagem: MIGUEL RIOPA / AFP

Do UOL, em São Paulo

06/03/2019 19h37

Na partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, o Porto conseguiu, no fim da prorrogação, a classificação para as quartas ao bater a Roma por 3 a 1, hoje, no Estádio do Dragão. No jogo de ida, os italianos venceram por 2 a 1.

No primeiro tempo, o Porto abriu o placar com gol de Tiquinho Soares. Após saída errada do Roma, Marega roubou a bola, tabelou na área com Corona e cruzou rasteiro para o brasileiro colocar para dentro. O árbitro chegou a solicitar o VAR para saber se havia impedimento na jogada, mas o gol foi confirmado.

Porém, a vantagem durou pouco tempo. Dez minutos depois, Perotti sofreu pênalti e De Rossi, com paradinha, empatou a partida. No fim da primeira etapa, o autor do gol do Roma deixou o campo para a entrada de Pellegrini.

Na volta ao gramado, a equipe portuguesa, mais eficiente na criação de jogadas, marcou mais um para levar a partida para a prorrogação. Da esquerda, Corona cruzou a bola, e Marega apareceu sozinho na pequena área para tocar de pé direito para o gol.

Já na prorrogação, Perotti entrou livre para tocar por cima de Casillas, mas Pepe tirou a bola que tinha destino certo. Com isso, a Roma perdeu a chance garantir a vaga. No fim do segundo tempo, Fernando foi puxado na área por Florenzi e reclamou de pênalti. O VAR foi solicitado novamente, e o juiz confirmou a penalidade. Alex Telles cobrou e confirmou a classificação do Porto.

Até o momento, além dos portugueses, Tottenham, Ajax e Manchester United também estão classificados para as quartas da Champions.

Mais Esporte